Vacina contra gripe continua disponível nas unidades básicas; cobertura é de 63,71% em Americana


A vacina contra a gripe continua disponível nas unidades básicas de saúde de Americana, e as pessoas que ainda não foram imunizadas devem procurar o posto mais próximo de suas residências, de segunda a sexta, das 8 às 16 horas. É muito importante que a população alvo da campanha se conscientize da necessidade de se imunizar para prevenir não só a gripe como as complicações decorrentes dela.

 

A cobertura vacinal, nesta quarta-feira (10), é de 63,71%, e a campanha deve prosseguir até que a cidade atinja os 80% preconizados pelo Ministério da Saúde.

 

O público alvo da campanha são pessoas com mais de 60 anos, gestantes, crianças entre 6 meses e 4 anos e 11 meses, trabalhadores da saúde, mulheres que deram à luz nos últimos 45 dias (puérperas) e pessoas com doenças crônicas. O município possui, segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), 11.090 crianças abaixo de cinco anos, 1.993 gestantes, 27.473 idosos, 328 puérperas e 5.299 profissionais de saúde.

 

Até o momento, foram vacinados 18.531 idosos (67,45%), 325 puérperas (99,09%), 1.152 gestantes (57,80%), 3.388 profissionais de saúde (63,94%) e 6.028 crianças (54,36%).

 

A IMPORTÂNCIA DA VACINA CONTRA A GRIPE

A vacina contra a Gripe é composta por três tipos de vírus influenza: H1N1, H3N2 e B. Estes são os maiores responsáveis pelos quadros de gripe.

Entende-se por gripe um quadro de infecção respiratória com os principais sintomas: início súbito, febre, tosse, dor de garganta, dores musculares e perda do apetite.

Os principais  problemas relacionados à gripe são as complicações. Dentre elas, a mais grave, a pneumonia, pode levar à internação hospitalar e, em casos mais graves, à morte.

As pessoas que mais precisam se proteger são: crianças de seis meses a menores de cinco anos; pessoas com 60 anos ou mais; trabalhadores de saúde; povos indígenas; gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto); população privada de liberdade; funcionários do sistema prisional e pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis ou com outras condições clínicas especiais.

Importante ressaltar que, a vacina não impede a pessoa de contrair o vírus da gripe, mas sim, previne as complicações. Outro ponto é que a vacina contém apenas três tipos de vírus, mas existem outras dezenas que podem causar outros tipos de infecções respiratórias, como o resfriado comum.

As reações à vacina são muito raras, a maioria relacionadas apenas com reações no local da aplicação, como dor e vermelhidão.

A vacina não causa gripe.

Não deixe de se vacinar e, principalmente, orientar as pessoas que mais precisam de proteção!!

Secretária de Saúde de Americana, doutora Mirella Povinelli

Comentários

Notícias relacionadas