fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

“Semana do Hip Hop” de S. Bárbara começa na próxima terça (29)


Evento é realizado pela Prefeitura e a ONG Hip Hop Conscientiza com apoio da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo

 

Realizada pela Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste e a ONG Hip Hop Conscientiza, a  “Semana do Hip Hop” será realizada nos dias 29 e 30 de março e 02, 03, 06, 08, 09 e 10 de abril de 2016 em cinco pontos do Município. O evento conta também com apoio cultural da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, por meio da Assessoria para Hip Hop.

 

A Semana busca dar oportunidade para os grupos do segmento Hip Hop de diversas cidades e da capital de apresentar seus trabalhos artísticos de dança, música e artes visuais, promover debates com a juventude, abordando diversos temas, em alusão ao Dia Internacional da Luta contra a Discriminação Racial, celebrado no dia 21 deste mês. A entrada é franca e voltada à população.

 

O objetivo da organização é trazer valores agregados de quatro elementos Break, Rap, DJs e grafiteiros, agregando um processo de inclusão em larga escala, no qual os integrantes dos grupos aprendem a lidar com suas próprias diferenças e limites e a dos outros.

 

A abertura oficial da Semana será no dia 29 de março, às 19h30, na Câmara Municipal com exposições de fotos e vídeos, improviso de rimas por Calabouço Sonoro, Vitex DJ Uru e Meninos do Toka Dus Monstrão. No dia 30, às 19h30, o CEU (Centro de Artes e Esportes Unificados), no Planalto do Sol, recebe DJ Máfia das Agulhas, DJ Japão, Dj Bredes e DJ Fião no melhor do flash back anos 70, 80 e 90. O CEU está localizado na Rua Argeu Egídio dos Santos, 100, Planalto do Sol II.

 

No dia 2 de abril haverá às 10 horas uma gincana de grafite e às 14h20 os grupos Sistema Bíblico, Suamys Lapidados, Tóka Dus Monstrão, Ressureição Rap Gospel, Mano Chris Favela Máfia, Doutor Sinistro, Calibre Doze, Grupo de Dança Edificação,    Calabouço Sonoro e Vitex. Eles se apresentarão no CRAS do Romano, na Rua Jorge Juventino de Aguiar, 75, no Conjunto Roberto Romano. Seguindo a programação, já no dia 3 de abril, o CEU (Centro de Artes e Esportes Unificados) terá às 9 horas oficina de grafite; e a partir das 13h30, palestras “A Violência contra a Mulher”, “A cultura afro é reconhecida, os negros que a fazem, muitas vezes não”, ministradas pelas blogueiras negras de São Paulo, Paola Ferreira e Angela Brandão; o lançamento do livro “Mundo Paralelo” do autor Vulgo Cabeça e outros escritores da região, e apresentação do Grupo Crazy e Máfia do Vinil.

 

A programação da Semana segue no CEU no dia 6 de abril às 19 horas com ensaio aberto de DJs, danças, música, rima e poesia. No dia 9 de abril o evento contará com o “3º Encontro de Breaking Batalha de B.Boys” no palco da Praça Coronel Luiz Alves (Central). O encontro será marcado por Funk Fockers, Max e Breezy (Campinas), Real Street (Vinhedo), Crazy Flava, Tranquilis Crew (Americana), Hooligans (Piracicaba), Tukety e Ed, Toyz Crew (Sumaré) e batalha de MCs com projeto Bau da Rima. A atividade tem início às 9 e segue até às 13 horas.

 

Por fim, a Praça Rossi Armênio Rossi, na Rua Portugal, no Jardim Europa, Zona Leste do Município, finaliza a Semana do Hip Hop no dia 10 de abril. Subirão ao palco a partir das 13 horas os grupos: DSP MC (Americana), DEH MC (Americana), Felipe MC (Americana), Black Samaritano (Campinas), Inspirados Rap Nacional (Mogi Guaçu), SBO Rappers (Sta Bárbara), Interiorana (região RMC), Banda Black Music Service (Sta Bárbara), Grupo de Dança Polo Funk (Campinas), Branco P9 (São Paulo), Os Viva Vida (São Paulo) e Rota de Colisão (São Paulo).

 

Assessoria de Imprensa

Comentários

Dennis Moraes