Secretário de Ação Social e Habitação vai à superintendência da Caixa para tratar da paralisação de obras em Americana


O secretário municipal de Ação Social e Habitação, Marco Antonio Alves Jorge, o Kim, esteve na tarde desta sexta-feira (27/11) na sede da superintendência regional da Caixa, em Campinas, para tratar da paralisação das obras dos condomínios Vida Nova I e II, na região da Praia Azul, que atenderá os inscritos da Prefeitura através da faixa 1 do programa federal Minha Casa, Minha Vida.

O gestor da pasta apresentou sugestões aos técnicos da Caixa para que as obras dos condomínios em Americana não fiquem paradas e sejam concluídas o mais breve possível. “Nossa proposta foi muito bem aceita e pode, inclusive, resolver problemas semelhantes que o programa Minha Casa, Minha Vida enfrenta em vários estados brasileiros”, relatou Kim.

 

Pauta extensa

Outros assuntos foram discutidos na reunião. O secretário Kim tratou ainda da autorização que a Caixa deve emitir para liberar recursos do projeto executivo e início das obras do empreendimento denominado Muro Azul, que construirá 98 unidades habitacionais na Rua Maranhão, região da Praia Azul. Solicitou também a emissão do parecer da Caixa para que o projeto de moradia social da Rua D. Pedro, na região central de Americana, seja selecionado e contratado através da faixa 1 do programa Federal Minha Casa, Minha Vida – entidades. Esses dois projetos possuem parceria com a Cooperteto – Cooperativa Nacional da Habitação e Construção.

Outro caso discutido com a Caixa e que envolve habitação é referente à liberação das escrituras aos mutuários do condomínio Elza Nogueira Martins, no bairro Vila Dainese, construído com recursos do Governo Federal e financiado pelo banco. “As famílias querem quitar seus imóveis e terem independência na gestão do condomínio, atualmente a responsabilidade é da Caixa e a administração é através de empresa terceirizada”, explicou o secretário.

 

 

Unidade de Imprensa

Comentários

Notícias relacionadas