Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Variedades

Saiba em quais ocasiões você pode pedir um adiantamento de salário

A saúde financeira dos colaboradores é essencial para o bom desenvolvimento no trabalho, afinal, essa questão reflete de diversas formas no ambiente organizacional.

Profissionais com estresse financeiro atuam com mais ansiedade, têm maiores problemas de saúde, diminuem qualidade e produtividade, aumentam índices de abstenção e até mesmo, atrapalham o rendimento de seus colegas.

Para que as contas fechem e se mantenham em dia, muitas vezes os colaboradores recorrem ao adiantamento de salário. Mas você sabe como ele pode ocorrer e quando você pode fazer um pedido desse tipo? Confira mais sobre essa possibilidade!

Como funciona o adiantamento salarial?

O adiantamento de salário nada mais é do que uma liberação antecipada que a empresa faz de parte do salário do colaborador. Seu principal objetivo é ajudar em problemas financeiros do trabalhador e impactar de forma positiva para a saúde financeira e qualidade de vida dos talentos.

O adiantamento não é um benefício obrigatório e cada empresa define quais são as datas de pagamento para seu quadro de funcionários. Não existem regras claras sobre como funciona essa modalidade e, justamente por isso, ela causa dúvidas dentro das organizações.

Graças a faltas de legislações, os adiantamentos respeitam as convenções sindicais e acordos de classe de cada categoria.

Quando há adiantamento, o valor antecipado é descontado na folha de pagamento de acordo com o regime organizacional. Geralmente, esse valor é de 40% e é pago entre o 15º e 20º dia útil do mês. Há algumas formas do adiantamento ser feito e ele pode ser por meio de:

Vale

O famoso vale é um dos métodos mais utilizados para o adiantamento. Nele, a empresa define uma data específica do mês e faz o pagamento de parte do salário, previamente definido. Esse valor é descontado posteriormente na folha de pagamento.

Cartão multibenefícios

Algumas empresas optam pelo adiantamento salarial pela chamada ferramenta convênio, que é um cartão multibenefícios ao invés de fazerem o pagamento em espécie.

Nessa modalidade, determinado valor é depositado nos cartões e eles podem ser utilizados em despesas domésticas, mercado, compra de medicamentos, cultura, alimentação, entre outros.

Salário sob demanda

Outra forma de salário que as empresas estão adotando cada vez mais é o salário sob demanda. Nesse modelo, há maior flexibilidade para o colaborador que passa a receber pelas horas trabalhadas, mas ainda não pagas.

Ou seja, nessa modalidade é preciso que seja feito o controle de horas de forma assertiva e a partir daí, as empresas fazem cálculos em tempo real sobre o quanto do salário já está “disponível” para o saque, independente do dia do mês.

Dessa forma, o colaborador pode solicitar seu pagamento quando necessário, tendo controle sobre seu valor a ser recebido com base em seu trabalho.

Quando posso pedir um adiantamento?

Geralmente, compete às empresas definir o fornecimento do adiantamento de salário, mas os colaboradores também podem solicitá-los em casos necessários.

Se o adiantamento faz parte da política da empresa, ele precisa ser oferecido a todos os colaboradores, sem restrições de setor e toda equipe tem o direito de utilizá-lo, a menos que o sindicato da categoria tenha alguma restrição a respeito.

Caso não exista essa política definida e o trabalhador precise pedir por esse benefício, é essencial lembrar que não há regras definidas sobre ele. Em primeiro lugar, é preciso que o colaborador entenda sobre essa possibilidade a partir do sindicato e, se não houver restrições, ele pode pedir com o RH ou gestores.

É preciso ter em mente que o RH não é obrigado a aceitar o adiantamento caso não seja política da empresa e caso os sindicatos não deliberem sobre isso, então esse é um poder da organização e de sua estrutura.

É importante que exista uma conversa clara entre funcionários e gestores para que essas possibilidades sejam levantadas dentro do cenário organizacional, afinal, nem todas as empresas contam com essa política e fazem o pagamento de forma integral em apenas um dia do mês.

Sendo assim, pedir o adiantamento quando necessário é um direito do colaborador, mas aceitá-lo não é um dever da empresa, faz sentido?

Conhecer sobre essa possibilidade é essencial e, mais do que isso, ao entrar em uma nova empresa, é importante conhecer sua forma e datas de pagamento para que seja feito o planejamento financeiro visando que não existam problemas mensais.

Como sua empresa trabalha e faz os pagamentos mensalmente? Aproveite que agora você sabe mais sobre o tema e fique de olho em suas finanças e controles mensais!