Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Variedades

Renda Fixa: vale a pena investir no Tesouro IPCA?

Para fugir da desvalorização da poupança, os investidores mais conservadores estão procurando outras opções que possam garantir rentabilidade, mas que também sejam seguras. E dentre as opções, o Tesouro Direto IPCA. Recorrer ao Tesouro Nacional tem sido um dos destinos preferidos dos novos investidores no Brasil.

Com a taxa Selic em queda, os investimentos em renda fixa foram muito questionados em 2020. A possível perda de rentabilidade pode não tornar esses títulos tão atraentes, mas o que podemos dizer é que tudo depende das ambições e objetivos do investidor.

O que é o Tesouro IPCA?

O Tesouro IPCA são os títulos que estão atrelados ao IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) e compostos por taxas prefixadas. Assim, o investidor conhece o percentual de rendimento ao comprar o título e entende qual indicador deve acompanhar para que o título não perca lucro por conta da inflação.

Dentro da categoria de Tesouro IPCA, existem títulos com juros semestrais, que são pagos a cada seis meses, e de juros não semestrais, que são pagos no momento da liquidação do ativo, ou seja, do resgate ou então na data de vencimento do título.

Para quem o Tesouro IPCA é indicado?

O Tesouro IPCA é indicado para investidores com perfil conservador, assim como qualquer outro título do Tesouro Direto. Os títulos desse grupo garantem um rendimento acima da inflação, mas possuem risco baixo por conta da segurança gerada pelo Tesouro Nacional.

O Tesouro Direto é considerado um conjunto de títulos de renda fixa dos mais seguros do país, pois tem a proteção do governo federal, sendo protegido por crises e garantindo ganhos satisfatórios mesmo em tempos de taxas de juros baixas.

No caso do Tesouro IPCA, a valorização é garantida, caso o investidor só resgate o montante aplicado no vencimento, mesmo que haja variação de valor durante o período.  Outro ponto importante é que o Tesouro IPCA é bastante acessível, já que tem valor baixo para começar a investir.

Como potencializar os rendimentos do Tesouro IPCA?

O Tesouro IPCA é o melhor investimento para longo prazo no Tesouro Direto. Quem tem objetivos de longo prazo como comprar um imóvel, acumular para uma aposentadoria mais tranquila ou financiar a faculdade dos filhos, pode se aproveitar da rentabilidade e do ganho real que esse título possui.

É importante entender que no caso do IPCA, quanto mais tempo ele demorar a ser resgatado, maior será o seu rendimento final. Então, se você tem um planejamento de longo prazo, o mais indicado é só resgatar o montante aplicado no vencimento.

O ideal é pensar bastante antes de realizar este vencimento, tendo a certeza de que o investimento será de longo prazo. Se este não é o seu caso, o mais recomendado é focar em outros títulos de renda fixa como o Tesouro Selic ou um CDB com liquidez diária, por exemplo.

A dica para quem quer antecipar os rendimentos no Tesouro IPCA é escolher um título com juros semestrais. Apesar de menor rendimento de juros compostos e mais impacto de Imposto de Renda no resgate, essa é uma saída para quem quer aproveitar as possibilidades do Tesouro IPCA no curto e no médio prazo.

O crescimento da procura por títulos do Tesouro IPCA desde o fim do ano passado aponta, segundo economistas, que investidores conservadores estão tentando se proteger da inflação do país, que vem subindo enquanto a taxa Selic, taxa básica de juros, sofreu muitos cortes consecutivos nos últimos anos.

Vale a pena investir no Tesouro IPCA?

Bom, como tudo em relação ao mundo dos investimentos, o Tesouro IPCA vale a pena de acordo com o possível planejamento do investidor. Para objetivos de longo prazo, o Tesouro IPCA pode valer bastante apenas para quem pensa em segurança e ainda quer garantir alguma rentabilidade.

A dica para o longo prazo é apostar na diversificação da carteira. Ter uma parte do capital segurado no Tesouro IPCA pode ser uma boa forma de se resguardar para o futuro e se sentir mais estável para apostar no mercado de renda variável para ampliar a rentabilidade do período.

Para objetivos de médio prazo, o Tesouro IPCA pode trazer bons resultados, mas nada comparado a títulos de longo prazo. Mesmo assim é uma alternativa interessante para ter um ganho real, já que o título garante rentabilidade acima da inflação do período.

Quem pensa no curto prazo, deve focar em outros tipos de investimentos. O Tesouro IPCA não é uma boa pedida para auxiliar na conquista de um objetivo dentro de um ou dois anos, por exemplo.

No mais, mesmo com a queda na Selic, o Tesouro Direto em geral continua sendo uma boa opção de investimento para quem quer segurança. E se você possui objetivos de longo prazo, principalmente, o Tesouro IPCA é a melhor opção dentre as disponíveis no Tesouro Nacional.