S. Bárbara ganha Estação Meteorológica Automática


Equipamento auxilia nas ações preventivas da Defesa Civil durante as operações Verão e Estiagem

Santa Bárbara d’Oeste conta a partir deste mês com ferramenta importante para avaliar as condições climáticas do município, a primeira Estação Meteorológica Automática. O equipamento foi instalado na ETA IV (Estação de Tratamento de Água), no bairro Souza Queiroz, e visa dar suporte às ações da Defesa Civil durante as operações Verão e Estiagem. Na região, há equipamentos instalados em Campinas e Nova Odessa.

A Estação Meteorológica Automática foi disponibilizada pelo IAC (Instituto Agronômico de Campinas) e viabilizada com o Termo de Cooperação Técnico Científico, assinado pela Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste e o IAC, por meio da Fundag (Fundação de Apoio à Pesquisa Agrícola). A assinatura desse termo de cooperação ocorreu junto à Agemcamp (Agência Metropolitana de Campinas).

O coordenador da Defesa Civil, Joaquim Pedro dos Santos, enfatizou – com a implantação da Estação – que são vários os benefícios para o município. “O equipamento aperfeiçoa o trabalho de monitoramento meteorológico, conseguindo prever com antecedência e com mais eficiência a formação de tempestades, núcleos de instabilidades, tempestades radioativas e monitoramento de temperatura e umidade relativa do ar”, explicou.

A Estação é automática e emite dados climáticos a cada 20 minutos para Defesa Civil barbarense e ao IAC simultaneamente. Ela possui oito funções: sensor de umidade do solo, sensor de temperatura do solo, pluviômetro automático, piranômetro de captação de radiação solar global, sensor de temperatura e umidade relativa do ar e anemômetro que capta a velocidade do vendo e sua direção.

O equipamento é dotado de sensores e sondas acoplados a uma torre de alumínio e conectados a um programa chamado Datalogger para leitura e processamento dos dados captados pela estação. O Datalogger salva as leituras e envia as informações a um transmissor de dados por celular via GPRS (General Packet Radio Service) conectado a um diretório na internet, onde os dados coletados pela estação são processados e disponibilizados no site www.ciiagro.org.br/ema.

Além dessa medida, em janeiro deste ano, foi instalado um pluviômetro automático nas dependências da Escola Estadual Neuza Maria Nazatto, localizada no Jardim Mollon.  Este pluviômetro também atende as ações contadas no planejamento de redução de riscos e acidentes climáticos e hidrológicos da Defesa Civil, sendo instalado pelo Governo Federal, por meio do CEMADEN (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais) em parceria com o município. Além disso, Santa Bárbara começou a contar com acesso aos dados da INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) que mostra focos de calor e queimadas que é administrado em tempo real, tornando o serviço da Defesa Civil mais ágil e eficaz.

Fotos: Marcel Carloni

Assessoria de Imprensa

Comentários

Notícias relacionadas