Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

24horas Variedades

Procrastinação no trabalho: confira dicas para resolver este problema

A procrastinação é responsável por uma série de problemas: além de fazer com que o trabalhador perca o controle das suas atividades e comece a atrasar os cronogramas, ela pode prejudicar equipes inteiras, causar perdas à companhia e, em último caso, colaborar para demissões.

 

Nos profissionais freelancers, a procrastinação também pode gerar estresse financeiro, uma vez que geralmente a produtividade está aliada à quantidade de material que eles conseguem entregar dentro de um período específico de tempo.

 

Se você tem sofrido com a procrastinação, saiba que existem algumas formas de burlá-la. A seguir, falaremos um pouco mais sobre o assunto. Confira!

Primeiro: saiba porque você procrastina

Parece óbvio, mas se trata de uma pergunta séria: por que você procrastina? Quando nos interessamos por aquilo que fazemos, tendemos a ficar imersos na atividade em questão – o que, como sabemos, é o oposto de procrastinar.

 

Se você tem tido dificuldade de se concentrar nas suas tarefas profissionais, vale se perguntar as razões pelas quais isso tem acontecido e como você pode abordar o trabalho cotidiano de uma forma que seja nova e prazerosa para você. A redescoberta da rotina faz milagres.

 

Uma vez descoberto o problema, você pode trabalhar de maneira ativa para renovar o seu interesse. Para muitas pessoas, o trabalho tem que ser estimulante e diferente todos os dias, mas nem sempre essa é a realidade dos escritórios. Para manter-se mentalmente ativo, desafie-se dentro da sua função.

Utilize programas de gerenciamento de atividades

Existem plataformas e aplicativos que permitem ao usuário fazer a lista de coisas que ele deve entregar até determinado dia e horário. Essa organização, além de manter o profissional atento às suas timelines, promove um grande benefício: limpeza mental.

 

Quando você consegue ver a sua lista de tarefas de forma rápida, você consegue programar os seus horários para cumprir cada coisa. E uma vez que as cumpre, pode fazer um “check” na lista – o que, como sabemos, promove intensa satisfação e aquela sensação de dever cumprido que ajuda a motivar.

 

Quando você tem uma lista para seguir, você se torna mais atento às particularidades do seu trabalho e as necessidades do momento presente. Isso, para muitas pessoas, ajuda a diminuir a procrastinação.

Elimine distrações

O home office tornou-se imensamente popular durante a pandemia, por uma questão de sobrevivência das empresas e respeito à saúde dos colaboradores. Para os que já eram acostumados a trabalhar em casa, nada mudou; para os que tiveram que vivenciar a experiência pela primeira vez, a adaptação pode ter sido complicada.

 

Quando você está no escritório, geralmente tem poucas coisas para se distrair. O ambiente, embora muitas vezes agradável, não tende a ser confortável como a sua casa. Para além disso, não há uma cama, um videogame ou mesmo um sofá à sua disposição.

 

Se você tem tido dificuldades para se conectar com as atividades que deve exercer, concentre-se em afastar as distrações de você: se possível, saia do seu quarto para trabalhar. Prefira espaços com pouca circulação de pessoas e silenciosos; caso não seja possível, converse com amigos e familiares para que mantenham o silêncio durante as suas horas de expediente.

 

Outra coisa que costuma causar problemas – e isso vale para o trabalho no escritório também! – são as redes sociais. Durante as suas horas de expediente, evite acessar o Instagram ou o Facebook ou engajar em conversas em aplicativos de mensagem instantânea.

 

Por mais que você acredite que os utiliza de forma saudável, pode ser tentador perder algumas horas a mais com conversas despretensiosas, curtindo fotos ou comentando em posts de amigos.

Trabalhe a sua concentração fora do trabalho

Por fim, saiba que exercitar a sua concentração é fundamental para manter a sua produtividade em alta. O dia a dia das grandes cidades faz com que estejamos frequentemente imersos em muitas coisas; o excesso de informação é real.

 

A maior parte das pessoas, hoje, tem dificuldade para focar em apenas uma tarefa. A nossa cabeça está sempre pedindo mais estímulo, mais atenção, mais novidades. Embora seja um problema que afeta a todos nós – como sociedade mesmo -, é importante assumir a sua responsabilidade nisso também.

 

Faça atividades físicas e, durante esse período, foque-se apenas em realizar o seu exercício de forma segura e pensada. Não corra; respira devagar, movimente-se com inteligência, sinta os seus músculos funcionando. A atenção plena, o chamado mindfulness, ajuda nesse processo.

 

A meditação é outra aliada do foco, uma vez que traz a sua atenção para o aqui e agora e permite que você, aos poucos, comece a se desligar de tudo o que não é você. Com a prática, você aprende a manter a sua atenção em um lugar e, com isso, turbina a sua produtividade.