Perfeitas para os dias mais frios, sopas são saborosas e nutritivas


Com toda a sua simplicidade e rusticidade, a sopa nasceu quando o homem se deu conta que as carnes duras que caçava se amaciavam e adquiriam melhor sabor se cozidas com água e ervas. Quando ele bebeu desse caldo e se agradou dele, a sopa se incorporou à civilização para nunca mais sair. Recipientes de todas as espécies, do estômago de animais à sopeiras de ouro, testemunharam ao longo dos tempos o hábito ininterrupto, de todos os povos, de preparar e tomar sopas. Por ser um prato fácil e acessível, de considerável valor nutritivo e energético, os caldos e as sopas foram a base da nutrição de, praticamente, todas as civilizações.

Sopas mais famosas do mundo

Alguns pratos são como o cartão de visita de um povo, porque fazem parte da sua cultura gastronômica e da sua História. Isso acontece de uma maneira muito especial com as sopas, que, em boa parte do mundo, são, tradicionalmente, o primeiro prato da refeição principal do dia. Veja algumas delas:

  • Do Brasil: Bambá de Couve (farinha de milho e couve), Caldo de Mocotó, Caldo de Feijão;

  • De Portugal: a Canja (que, segundo alguns especialistas, terá vindo da Índia) e o Caldo Verde;

  • Da Espanha: o Gazpacho (com tomate, pepino, alho, pão e azeite, servida fria).

  • Da França: a Soupe à l’Oignon (a base de cebola) e a Bouillabaisse (a base de legumes com frutos do mar frescos), Bisque (cremosa, a base de frutos do mar);

  • Da Inglaterra: a Oxtail (sopa de rabo de boi);

  • Da Itália: o Minestrone (com feijão, massas e legumes,comumente feita com lingüiça);

  • Da China:  a Sopa de Ninhos de Andorinha, Won Ton (caldo com bolinhos recheados de hortaliças e carne);

  • Do Japão: Missoshiro (caldo de peixe com missô)

  • Do Vietnã: Canh Chua (caldo aromatizado com hortelã e tamarindo com pedaços de peixe);

  • Da Tailândia:  Tom Kha Gai (de leite de coco com frango, muito coentro e outros aromas);.

  • Da Rússia: o Bortsch (de beterraba frescas, servida quente ou fria);

  • Do México: Posole (com carne de porco ou frango, caldo e canjica);

  • Dos Estados Unidos: Vichyssoise (de batata e alho porro, servida fria); Clam Chowder (creme encorpado, quase em mingau a base de moluscos, batatas e leite)

  • De Cuba: Sopa de Frijoles com Calabaza, (de feijões com abóbora);

  • Do Haiti: Consommé a l’Orange (de caldo de frango, suco de laranja e cravo da índia)

  • Do Egito: Melokhia (a base de uma erva egípcia que dá nome à sopa e carne de cordeiro ou frango);

  • De  Israel: Pumpkin Soup (de abóbora e caldo de frango).

 

Mais simples ou mais elaboradas; com ingredientes nobres ou com o que se tem disponível na geladeira, seja qual for a sopa, além de aquecer ela traz uma sensação de aconchego, despertando uma espécie de nostalgia que combina muito bem com o inverno. Selecionamos algumas receitas de sopa para você se deliciar e agradar a toda a família. Se você é um iniciante na cozinha, não se intimide. Boa parte dos cozinheiros do mundo começaram exatamente por aí. Arrisque-se e confira!!

Creme de Abóbora com Crispy de Couve

Bouillabaisse
Sopa de Mandioca com Lingüiça Toscana
Creme de Kabocha com Especiarias e Mascarpone

Sopa de Cebolas Gratinada

Creme de Alho Poró com Vinagrete de Abobrinhas
Sopa Creme de Tomates Pelados
Sopa de Pupunha e Agrião Crocante
Sopa Cremosa de Milho Sweet
Pastina all Uovo
Zuppa de Ricotta – Sopa de Ricota
Zuppa di Pesce
Zuppa di Ostriche – Sopa de Ostra
Möhrensuppe – Sopa de Cenoura
Tarator

Gazpacho

 

 

Bom apetite!!!

 

 

Fonte: Cultura Gastronômica

Comentários

Notícias relacionadas