fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Os 6 acontecimentos mais bizarros causados pelo coronavírus

O coronavírus está causando enorme impacto ao redor do mundo. Confira algumas situações bizarras que ocorreram por conta da pandemia

 

Não tem jeito: o coronavírus já está contaminando pessoas ao redor do mundo. A situação é tão grave que a doença já foi considerada pandemia, uma enfermidade epidêmica amplamente disseminada, pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

 

Por isso, é mais que preciso se cuidar. Em tempos como esses, é imprescindível evitar aglomerações desnecessárias e manter uma boa higiene das mãos, lavando-as sempre com sabão, e passando álcool gel logo em seguida.

 

Até o dia 16 de março, mais de 234 casos foram confirmados no Brasil. Grande parte acontecem em grandes centros urbanos, como é o caso de São Paulo e do Rio de Janeiro.

 

Essa pandemia está causando uma série de assuntos bizarros que estão ocorrendo ao redor do mundo. Neste artigo, nós elencamos as 6 que ganharam as notícias de vários jornais.

1. Número de compra de armas aumenta nos Estados Unidos

Os estados da Califórnia, Nova Iorque e Washignton são os mais atingidos, atualmente, nos Estados Unidos pelo COVID-19. Consequentemente, esses locais estão tendo uma procura maior pela compra de armas de fogo.

 

O principal motivo seria o medo que as pessoas estão tendo com a nova pandemia. Como parte do serviço público está paralisada, algumas famílias temem que as casas sejam furtadas, enquanto a situação não se normaliza.

2. Álcool em gel em falta nos supermercados

Como uma das principais formas de prevenção da doença é passar álcool gel na mão, já que isso colabora com a eliminação do vírus, o estoque deste produto está completamente esgotado em algumas lojas.

 

Em outras, que ainda o possuem em armazenamento, o preço está inflacionado. Para se ter ideia, antes da pandemia, um álcool gel de um litro custava, em média, R$ 13,00. Hoje, é possível encontrar o mesmo produto custando quase R$ 30,00.

3. Asiáticos sofrem xenofobia ao redor do mundo

Como é de amplo conhecimento, o coronavírus surgiu na China, país com maior população do continente asiático. Por conta disso, asiáticos que vivem em outras partes do mundo estão sofrendo xenofobia. Mesmo aqueles que não possuem descendência chinesa, mas têm características físicas semelhantes.

 

Para contextualizar, a xenofobia pode ser definida como medo, aversão, desconfiança ou a profunda antipatia em relação aos estrangeiros, que chegam a um outro país, possuindo hábitos, raça, cultura ou religião diferentes.

4. Fake news: ‘coronavírus seria causado pelo 5G’

Acredite ou não, mas vários portais presentes em redes sociais, como Facebook e YouTube, anunciaram que o coronavírus seria espalhado por meio da rede de telefone 5G — que teve seus primeiros adeptos na China. No entanto, isso é uma falácia. A doença pode ser transmitida, apenas, com o contato de outros humanos já infectados.

5. A Globo não transmitirá mais a novela das 21h

Pela primeira vez em 50 anos, a Rede Globo de Televisão, a maior do país, interromperá a produção da novela das 21h. O motivo seria evitar a grande aglomeração de pessoas em um espaço pequeno, no caso o Projac.

 

Essa medida também impactou toda a grade de programação da rede. O Domingão do Faustão, por exemplo, já não contém mais plateia. Além disso, as demais telenovelas também terão suas produções interrompidas, sem data prevista para retorno.

6. Cantora Cardi B viraliza nas redes sociais

Cardi B é uma cantora norte-americana de rap. Na última semana, ela postou um vídeo em sua rede social dizendo o quanto estava com medo do vírus se alastrar. Utilizando uma linguagem peculiar, a cantora utilizou da comédia para relatar como o coronavírus pode ser perigoso.

 

Em instantes, o vídeo viralizou nos quatro cantos do mundo. O impacto foi tão grande que telejornais da China passaram trechos da gravação — o que chega a ser atípico, visto que a cultura norte-americana não é bem vista no país asiático.

Comentários