Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Open Finance: saiba por que você deve entender tudo sobre esse assunto!

Entenda como funciona o Open Finance, como ele estabelece correspondências com o Open Banking e quais são as suas vantagens!

Com o advento das inovações tecnológicas, o mercado financeiro passou por algumas mudanças que o levaram a uma maior modernização e otimização dos seus serviços, inclusive, com o surgimento das fintechs.

 

Nesse sentido, emerge o Open finance, que caracteriza-se como uma versão atualizada do Open Banking, o qual consiste em um modelo de negócio que viabiliza o transporte de informações pessoais para outras instituições sem que o cliente precise iniciar do zero.

 

Com a atualização feita mediante o Open Finance, o sistema passa a abranger mais instituições, não limitando-se somente a bancos e fintechs.

 

Dessa forma, o objetivo do Open Finance é abarcar empresas de diversos segmentos, como corretoras, companhias de câmbio, e fundos de previdência, como a Previdência Icatu, por exemplo.

 

Quer entender melhor sobre esse assunto e saber como o open finance funciona? Então, acompanhe esse artigo até o final. Boa leitura!

O que é Open Finance?

O Open Finance, como mencionamos anteriormente, é uma extensão do Open Banking. Esta modalidade propicia a abertura do mercado financeiro para a participação de empresas de outros nichos, permitindo o acesso dessas empresas aos dados dos consumidores.

 

Podemos dizer que o Open Finance é, basicamente, uma integração entre o mercado de finanças e as instituições participantes.

Quais são os principais objetivos do Open finance?

O Open Finance visa atingir alguns objetivos que podem proporcionar inúmeros benefícios para os clientes. Dentre eles, podemos destacar os seguintes propósitos do sistema:

Oferecer autonomia ao cliente final

Um dos pontos mais importantes do Open Finance é o poder que o sistema fornece ao cliente. Com esta modalidade, as burocracias que envolvem o processo de abertura de contas e a adesão de planos em diferentes instituições irão diminuir significativamente.

 

Com o Open Finance, o cliente passará a ter maior autonomia sobre suas ações dentro do sistema financeiro, adaptando-o ao que é mais conveniente para ele e podendo compartilhar os seus dados com qualquer empresa que seja do seu interesse.

Potencializar a qualidade dos produtos financeiros

O maior favorecido com o Open Finance é, sem dúvidas, o cliente, que poderá contar com produtos financeiros personalizados e que apresentam diversas vantagens para ele. As informações do cliente são valiosas para qualquer empresa, tendo em vista que ele figura como a peça central das operações corporativas.

 

Com a abertura dos dados propiciada pelo Open Finance, a competitividade entre as empresas será efervescente, uma vez que as instituições estarão concorrendo às informações dos clientes. Diante disso, espera-se que as instituições invistam ainda mais nos serviços e produtos oferecidos aos consumidores, a fim de atraí-los e fidelizá-los.

Fomentar a democratização e a inovação do mercado brasileiro

Um dos grandes objetivos do Open Finance é trazer contribuições para o mercado financeiro, no sentido de democratizá-lo e incentivá-lo a promover inovações.

 

Com este sistema, empresas dos mais variados segmentos podem oferecer serviços para os seus consumidores recebendo o pagamento instantaneamente, sem precisar se tornar um banco.

 

Esta tecnologia permite uma maior democratização no acesso aos serviços e produtos das empresas, bem como facilita as transações, oferecendo aos clientes e às empresas maior praticidade e comodidade.

Assegurar a proteção e a transparência dos dados

Quando se trata de dados e informações, é comum existir uma certa preocupação com a proteção e segurança deles.

 

Mas esta preocupação também é uma preocupação do Open Finance, pois o sistema auxilia na construção de um ambiente mais transparente para os clientes, para as empresas e, também, para o governo.

 

Dessa forma, a abertura dos dados promovida pelo Open Finance não oferece qualquer risco à integridade e segurança das informações do cliente.

As diferenças entre o Open finance e o Open banking

O Open Banking, como esclarecemos anteriormente, é um sistema que propicia o compartilhamento de informações bancárias dos clientes. A grande diferença é que este sistema ganhou uma nova modalidade, que é o Open Finance.

 

Anteriormente, o Open Banking só permitia este compartilhamento entre bancos e demais instituições financeiras, o que foi expandido para empresas de outros nichos com o Open Finance.

 

Essa evolução do Open Banking é muito benéfica não só para os clientes, mas também para as empresas, tendo em vista que o sistema passará a abranger todos os setores financeiros do Brasil.

Quando o Open Finance terá início?

O calendário prevê que o processo de implementação plena do Open Finance divide-se em quatro fases, como você pode observar a seguir:

 

  • Fase 1: A primeira fase da aplicação do Open Finance teve início em 01/02/2021. Neste primeiro momento, foram compartilhadas informações acerca dos canais de atendimento, produtos e serviços das empresas do segmento bancário. Não houve, portanto, o compartilhamento dos dados dos clientes.
  • Fase 2: Iniciou em 13/08/2021. Nesta fase, os clientes puderam autorizar o compartilhamento de seus cadastros e conceder informações acerca das suas transações financeiras.
  • Fase 3: Inicialmente, a terceira fase de implementação do Open Finance estava prevista para começar em 30/08/2021. Entretanto, atendendo aos pedidos de algumas instituições parceiras, o Banco Central adiou o início da terceira fase para 29/10/2021. Esta fase prevê o início dos serviços de transação de pagamentos e envio das propostas de operação de crédito.
  • Fase 4: A quarta e última fase de implantação do Open Finance está marcada para começar em 15/12/2021. Nesta fase, será liberado o compartilhamento de outros dados dos produtos financeiros.

 

Como você deve ter percebido, o Open Finance representa uma grande inovação no mercado e pode beneficiar muitas pessoas, portanto, se você gostou deste artigo, não deixe de compartilhar com mais pessoas interessadas no assunto.