24horas Brasil / Mundo 

Morre no Rio o Jornalista Luiz Carlos Lourenço, aos 76 anos de idade

Lourenço e sua mãe Dona Nair Elisa, falecida em 2017 (Divulgação)

Luiz Carlos Lourenço completaria 77 anos no próximo dia 11 de Novembro

Faleceu na noite desse sábado (7), o Jornalista e Assessor de Imprensa, Luiz Carlos Lourenço, aos 76 anos de idade, no Hospital Casa de Portugal – no Estácio, no Rio de Janeiro.

Luiz vinha sofrendo com complicações de saúde, desde 13 de Março, e acabou falecendo por problemas cardíacos, as 19:21 horas.

Ainda sem horário, o enterro será no cemitério São João Batista, no bairro de Botafogo no Rio de Janeiro.

A notícia foi dada pela amiga Elisabeth D’Albuquerque Pereira, no Facebook dela, deixando todos os outros amigos do jornalista consternados e desolados.

 

Luiz era conhecido como o gauchinho carioca.

 

Com 45 anos dedicados à comunicação, Luiz Carlos Lourenço iniciou seu trabalho como jornalista com apenas 20 anos, exercendo suas atividades inicialmente em sua cidade natal, Porto Alegre, onde, por quatro anos, foi o principal assessor de imprensa do Teatro Leopoldina, um dos maiores do país.

 

Câmara Municipal do Rio de Janeiro, Luiz recebeu
o título de Carioquice Masculina/2015 (Daniel Marques)

 

Lá tornou-se amigo de grandes atores, como Walmor Chagas, Cacilda Becker, Paulo Autran, Bibi Ferreira, Maria Della Costa, Armando Bogus, Carlos Alberto e Yoná Magalhães. Decidido a tomar um rumo maior na área de comunicação, a convite dos amigos Walmor Chagas e Cacilda Becker, mudou-se para o Rio de Janeiro, e admitido na Central de Jornalismo da TV Globo e, por um período de sete anos, foi rádio – escuta, repórter, produtor de pauta e chefe de reportagem.

 

Alcione, Luiz Carlos Lourenço e Maria Bethânia (Foto: Daniel Marques)

 

Da TV Globo, a convite do jornalista Justino Martins, editor da revista Manchete, transferiu-se para a Bloch Editores, onde atuou por quase dois anos como repórter especial e produtor fotográfico das revistas Fatos e Fotos, Manchete e Ele e Ela. Em 1975, a convite do jornalista e editor Iran Frejat, do jornal O Globo, ingressou na redação do jornal ‘O Globo’ como repórter responsável pela cobertura jornalística da cidade de Niterói, transferindo-se um ano depoispara a Editoria Rio, onde exerceu atividades durante 28 anos como repórter especial, coordenador de pauta e subchefe de reportagem.

 

Com Xuxa Meneghel (Reprodução/Facebook).

 

Durante seu trabalho no jornal O Globo, trabalhou também como produtor de pauta na Rádio Globo, na madrugada. Durante o dia também atuava como assessor de imprensa da Phonogram (Phillips), onde divulgava artistas da gravadora como Elis Regina, Maria Bethania, Caetano, Gilberto Gil, Chico Buarque, Tim Maia, Vanderléa, e muitos outros cantores de músicos.

 

Primeira visita da Liza Minelli ao Rio de Janeiro (Reprodução/Facebook).

 

Como freelancer em assessoria de imprensa, Luiz Carlos Lourenço foi responsável pela divulgação de Marília Pêra, Maisa, Rogéria e Agildo Ribeiro.

Foi assessor de imprensa na LBV – Legião da Boa Vontade, atuando no trabalho de divulgação da instituição nas maiores capitais e cidades brasileiras e em vários países da América Latina, Europa (Portugal) e nos EUA (Nova York), ao mesmo tempo em que acompanhava artistas e outras personalidades para conhecer o renomado trabalho social desenvolvido lá.

 

 

Como jornalista, há algum tempo, escrevia sobre o mundo artístico e televisivo do país no blog www.lclourenco.com destacando também variedades e matérias de utilidade pública.

GSVIP Assessoria

Comentários

Notícias relacionadas