Política 

Em resposta a Giovanni Bonfim, Prefeitura confirma falta de medicamentos na rede pública


O vereador Giovanni Bonfim (PDT) recebeu, nesta semana, resposta ao Requerimento 221/2016, por meio do qual o parlamentar pedia informações sobre a falta de medicamentos no Município. No documento, assinado pelo secretário municipal de Governo, Rodrigo Maiello, a Prefeitura confirma que estão em falta alguns medicamentos dos programas “Alto Custo” e “Saúde Mental”, do Governo do Estado, e da REMUME (Relação Municipal de Medicamentos Essenciais).

Dentre os medicamentos em falta estão quatro colírios utilizados para o tratamento do glaucoma, assim como pomadas antipsoríase, medicamentos para reduzir o colesterol, para prevenir a hipertensão, remédios contra ataques de asma e anticonvulsivantes, dentre outros. No caso dos medicamentos de responsabilidade do governo estadual, a Secretaria Municipal de Saúde não possui respostas sobre o motivo das faltas. Já para os medicamentos da relação municipal, a Prefeitura afirma que estão, em sua maioria, aguardando entrega pelos fornecedores, enquanto outros ainda estão em trâmite de compra.

Ainda na resposta ao parlamentar, a Prefeitura confirma a falta de Carbamapezina na rede municipal. Segundo o Executivo, esse fármaco, utilizado principalmente no tratamento de epilepsia, não tem sido entregue pelo governo do Estado desde dezembro de 2015.

Comentários

Leia também...