Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Dicas de organização financeira para usar na sua empresa

organização financeira

Poucas coisas são tão importantes quando iniciamos um negócio de sucesso do que investir em organização financeira. É comum que empreendedores se preocupem com marketing ou em chegar ao público-alvo, mas o verdadeiro esqueleto do negócio é cuidar das finanças. 

 

Quando falamos em organização financeira, muitas pessoas se assustam, considerando que não têm familiaridade com planilhas e que será impossível manter a contabilidade sob controle. Isso, porém, não precisa ser verdade na sua empresa.

 

Neste texto, trazemos várias dicas para você conseguir colocar suas contas em dia, separando finanças pessoais dos números de sua empresa e, com isso, que você consiga chegar a mais sucesso e valores sob controle em seu empreendimento. 

1 – Separe sua vida pessoal da empresarial 

Quando se inicia um negócio, é comum que ainda se tenha uma visão misturada entre as finanças pessoais e os valores que são dedicados para a empresa, especialmente quando o empreendimento ainda está em fase de investimento e estruturação. 

 

Esse, no entanto, é um erro que não pode ser cometido, porque pode comprometer tanto suas contas pessoais quanto o crescimento de seu negócio. Lembre-se, o que é recebido pela empresa, deve ser utilizado para investimentos no negócio. 

 

A primeira coisa que deve ser feita, então, é separar seus orçamentos, para garantir que não haja confusão de patrimônio, nem de receitas, muito menos de despesas. Para isso, é importante considerar o que foi investido, bem com o que será considerado pró-labore.

 

Então, ao iniciar seu negócio na indústria de rótulos, por exemplo, deve-se realizar bem a estruturação da parte financeira para ter certeza de que as finanças fiquem bem divididas e organizadas. 

2 – Saiba o que é pró-labore 

O pró-labore é, explicando de forma muito simplificada, o salário que é pago para o empreendedor dentro da empresa. Ao iniciar um negócio, deve-se ter em mente uma noção clara de que o lucro não é seu salário. 

 

O que for garantido como lucro deverá ser parte da estrutura financeira da empresa, para que haja mais investimentos e formação de caixa. Por isso, é importante entender o conceito de pró-labore

 

Quando houver o entendimento de ganhos padrões e de despesas do negócio, será possível instituir qual será o valor mensal para ser pago ao sócio-administrador, como seu salário, bem como despesas correntes como locação de cones SP. 

 

Assim, o risco de que haja confusão e, com isso, problemas financeiros tanto pessoais quanto empresariais diminui muito e você consegue organizar melhor as finanças de seu empreendimento. 

3 – Tenha um controle rígido sobre gastos e ganhos

Isso vale para a vida e vale para a saúde de seu negócio: anote tudo. Tenha um controle absoluto do que é receita e despesa, podendo estabelecer bem o balanço e mantendo-o sempre atualizado. 

 

Para facilitar esse controle, sempre peça nota fiscal quando adquirir produtos e serviços para a empresa e guarde bem esses documentos caso seja necessário utilizá-los para comprovação de alguma despesa. 

 

Quando realizar algum serviço como instalação de cameras de segurança preço, é importante que a nota fiscal seja utilizada ao realizar o balanço da empresa, o que será útil do ponto de vista de organização financeira.

 

Ao se falar em controle do que é recebido, é mais importante ainda ter registro claro de todo o valor que entrar como receita, uma vez que tais informações serão essenciais do ponto de vista tributário. 

 

Ao realizar um rigoroso controle financeiro, você garante não somente contas equilibradas, mas também pode se prevenir de problemas fiscais, como sonegação de impostos por não ter registro de alguma operação realizada.

4 – Escolha bem sua assessoria contábil

A menos que você já tenha conhecimentos avançados em contabilidade, apenas com um excelente escritório será possível ter todas as informações e suporte necessário para organizar suas demandas. 

 

É importante ter em mente que, por lei, toda empresa deverá seguir um sistema de contabilidade, por isso, a ideia de buscar uma assessoria contábil deverá ser uma das primeiras a ser pensadas quando se iniciar um negócio. 

 

Dessa forma, a empresa que realizará a contabilidade desde a instituição do negócio, também poderá auxiliar de forma valiosa na busca por equilíbrio financeiro em sua empresa. 

 

Assim, pode ser interessante consultar sua contabilidade antes de realizar aquisições e expansões em seu negócio, como realizar reforma e instalar piso paviflex colocado nas unidades da empresa. 

5 – Faça planejamento financeiro

É importante garantir que você saiba onde quer chegar e qual prazo esperado para conseguir o crescimento almejado. Para isso, não há melhor forma que realizar um bom planejamento, que não seja com metas reais. 

 

Você pode trabalhar com diversos conceitos, como “espero estar com lucro em até dois anos” ou “espero abrir filiais em 5 anos”, mas é fundamental realizar pesquisa de mercado e conversar com empreendedores experientes. 

 

O bom crescimento deve ser bem planejado para que seja sustentável, ou seja, que a expansão possa se manter e se pagar dentro da estrutura da empresa. É importante, como se diz popularmente, não dar “um passo maior que a perna”.

 

Com o planejamento financeiro, é possível também buscar a realização de investimentos como adquirir uma empilhadeira aluguel que seja importante para seu negócio, planejando também como investir e expandir seu empreendimento. 

 

Por isso, o planejamento financeiro deverá ser feito de forma semestral, anual, em curto, médio e longo prazo, para garantir que você esteja sempre bem colocado e dentro das metas esperadas. 

 

A projeção de gastos e receitas deverá ser consciente e deverá refletir o momento que a empresa, o mercado e o país enfrentam, para que seja compatível com a realidade e possa servir como base para o crescimento do negócio. 

6 – Cuide de suas dívidas

Sabemos que é difícil quando há dívidas para serem resolvidas, impactando todo o orçamento e as projeções de ganhos para os próximos ciclos da empresa. Entretanto, ignorar as pendências não é a melhor solução.

 

Quando há dívidas, a primeira coisa que deve ser feita é buscar o contato do credor para que possa ser realizada uma negociação. Só assim será possível escapar de juros e resolver as pendências da melhor forma.

 

Ao perceber que há uma dívida de difícil solução, pode-se realizar algumas ações como:

 

  • Negociar as condições de pagamento;
  • Pegar empréstimo e trocar por dívida com menos juros;
  • Tentar pagamento à vista com desconto;
  • Buscar parcelamento com redução de juros. 

 

Portanto, se houve compra de cavaletes de sinalização de segurança e você ainda não conseguir resolver a pendência, busque o fornecedor assim que possível para tentar realizar um acordo que permita a quitação da dívida.

7 – Busque adiantar pagamentos 

Da mesma forma que as dívidas devem ser rapidamente negociadas para evitar que haja maior quantidade de juros e complicação do orçamento, é importante também colocar na ponta do lápis os pagamentos.

 

Isso porque alguns pagamentos oferecem desconto caso sejam realizados à vista, tornando a opção mais vantajosa do que o parcelamento. Quando realizar a conta, é importante considerar quanto o valor renderia se fosse investido.

 

Você pode chegar a conclusão que pagar parcelado é mais fácil que realizar o pagamento à vista em alguns casos. Em outros, se ver livre de dívidas e pendências financeiras pode facilitar para buscar o melhor posicionamento para seu orçamento.

 

Assim, se há necessidade de aquisição de leitor de proximidade hid iclass r10, vale a pena pesquisar os melhores valores e se o parcelamento será mais benéfico que pagar à vista.

8 – Inovação que cabe no bolso 

Antes de adotar novas estratégias na empresa, seja uma estratégia de marketing que precisará de um alto investimento ou adoção de alguma comodidade para os clientes, como serviço de manobrista, pense em qual será o custo total.

 

Sempre queremos deixar o empreendimento nas melhores condições possíveis, oferecendo o que há de melhor e buscando inovar para manter os clientes satisfeitos, porém é importante que as iniciativas não afetem negativamente as contas da empresa.

 

Assim, antes de investir em tratamento superficial niquelado para as peças de seu negócio, deve-se estudar exatamente qual será o custo total da operação e qual é o benefício esperado, para garantir que haverá retorno.

 

A mesma situação vale para investimentos realizados no marketing da empresa, porque deverá ser analisado investimento em relação ao retorno esperado e obtido, garantindo que haja um bom emprego do valor investido.

Considerações finais

A parte financeira é um dos aspectos empresariais que mais traz dificuldades para novos empreendedores. No Brasil, há um grande número de negócios que não resistem por mais de cinco anos, justamente por falhas na administração nessa área.

 

Por isso, é importante ter um controle grande das finanças da empresa desde o início do empreendimento, garantindo que haja crescimento e que o investimento se mostre rentável.

 

Outro ponto essencial é que haja paciência para aguardar o lucro, uma vez que nem sempre a empresa deslancha no tempo esperado, então é natural que haja dificuldades nos primeiros anos do empreendimento.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.