RMC 

Demanda por vagas em creche tem nova redução em S. Bárbara

A demanda por vagas em creches na rede municipal de Santa Bárbara d’Oeste teve uma nova redução, desta vez em 15%, de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira (28) pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação. Entre os meses de janeiro, fevereiro e março, 649 novos alunos foram matriculados em creches, fazendo com que a demanda diminuísse para 402 postos atualmente.

 

Essa é a segunda redução significativa da lista de espera por vagas. No fim do ano passado, 850 crianças aguardavam vaga, enquanto na metade de fevereiro esse número era de 476 – queda de 44% na fila. Já no fim de março são 402 postos graças às novas matrículas, realizadas em virtude da abertura de novas vagas com adequações de espaços físicos, convênios assinados pela Administração Municipal e do próprio fluxo interno de matriculados na rede.

 

A secretária de Educação de Santa Bárbara d’Oeste, Tânia Mara da Silva, destacou que a redução da demanda foi possível mesmo com o período de inscrições em creches, o que é positivo. “Cerca de 1.000 pais passaram pela Secretaria de Educação durante o período de inscrições para as creches da rede municipal. Mesmo assim, graças ao trabalho realizado, conseguimos atingir uma nova redução”, comentou. “Continuamos nos planejando e executando medidas para que essa demanda possa ser sanada o mais rápido possível”, acrescentou.

 

Atendimento

 

O atendimento em Santa Bárbara d’Oeste ocorre dentro do sistema “Creche 12 horas”, medida adotada pela Prefeitura em 2013 que dispõe de atendimento das 6h30 às 18h30, possibilitando aos pais ou responsáveis maior tranqüilidade durante o período em que estiverem trabalhando. No ano passado 2.398 alunos foram matriculados em creches da rede municipal, número 22,5% maior se comparado a 2012, quando 1.957 alunos de zero a três anos haviam sido matriculados na rede. Os números de 2013 são maiores também do que os números dos últimos quatro anos (2.060 em 2009, 2.004 em 2010, 1.962 em 2011 e 1.957 em 2012).

 

Foto: José Roberto Bueno

 

Assessoria de Imprensa

 

Comentários

Leia também...