Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Conheça mais sobre guest post

O guest post nada mais é que um artigo de convidado, ou seja, quando uma outra pessoa escreve em um blog da qual não é proprietário, sobre um assunto em que é especialista. 

 

Com isso, é possível oferecer um conteúdo rico, valioso e com informações precisas sobre uma determinada temática.

 

Mas o guest post vai muito além da criação de um material diferenciado por um convidado. Esse tipo de conteúdo ajuda a rankear melhor a página web nos buscadores, como o Google, já que oferece uma experiência de leitura mais aprimorada aos usuários.

 

Imagine, por exemplo, procurar para que serve um conjunto de preparação de ar e se deparar com um texto escrito por um especialista em acessórios industriais? É bem provável que vá se deparar com um conteúdo único, além de ter mais confiança no blog.

 

Fora isso, o guest post também colabora com o SEO (Search Engine Optimization), pois é uma das melhores práticas para potencializar a aquisição de backlinks, ou seja, menções para outros sites. 

 

Dessa forma, o Google entende que o seu blog tem um bom relacionamento com o restante da web, um dos fatores que mais conta na classificação.

 

No artigo de hoje, conheça mais sobre guest post, a relação com o SEO e dicas para escrever um artigo de convidado de qualidade. Acompanhe a leitura!

Guest post e backlinks: como conquistar maior autoridade no Google?

O guest post pode ter vários formatos, como um artigo sobre filtro manga, uma reportagem, ou outro material, no entanto, é muito importante que o conteúdo tenha um link para o seu site. 

 

Afinal de contas, ao escrever para um blog de terceiros, é preciso mostrar aos leitores a sua página.

 

Em geral, essa menção é feita logo no início ou no final do post. O que significa que já temos um backlink obrigatório no conteúdo. Com isso, já é possível melhorar o rankeamento da sua página no Google.

 

Contudo, vale a pena investir em outros links dentro do seu artigo, para obter uma classificação ainda melhor. A seguir, veja algumas dicas para mencionar outros sites ou páginas web no seu guest post.

Diversifique a origem de backlinks

O Google tende a classificar melhor os artigos que possuem backlinks para outros sites. 

 

Quer dizer que ao produzir um conteúdo para empresas de usinagem em SP, por exemplo, e mencionar o seu blog, vale a pena enriquecer o material com links originários de outras páginas web.

 

A recomendação é de 20% para os grandes portais de notícia, 30% para sites diversos, sem ligação com o seu, e 50% para páginas semelhantes à sua.

Foque em sites de nicho

Muitas vezes, um pequeno site de nicho, mas que fala de assuntos semelhantes aos tratados no seu guest post, consegue transmitir uma força de autoridade maior do que outros backlinks de um grande portal, onde você já publicou inúmeros artigos.

 

Além disso, vale lembrar que quanto mais backlinks o seu conteúdo tiver de um mesmo domínio, menor é a otimização.

 

Por isso, vale a pena investir em novos parceiros e não citar sempre as mesmas pessoas. Dessa forma, o Google irá perceber que o seu relacionamento com o restante da web é cada vez melhor.

Contextualize a menção

Os melhores backlinks são aqueles que têm relação com o conteúdo do guest post e estão estrategicamente localizados para uma melhor experiência de leitura. 

 

Por exemplo, se o artigo dá dicas de como reformar a fachada de um prédio, é interessante mencionar uma empresa de pintura predial SP ao falar como encontrar o serviço.

 

Ou seja, é preciso contextualizar o backlink, não apenas colocá-lo solto, somente com a intenção de otimizar a sua página.

 

Além disso, vale a pena ter cuidado com os sites mencionados, uma vez que optar por páginas de spam, conteúdos adultos e outros materiais mal vistos na internet, pode mais prejudicar do que ajudar na sua estratégia.

 

Por esse motivo, é preciso conhecer muito bem quem serão os seus parceiros na produção do guest post.

5 dicas para produzir o seu guest post de qualidade

O guest post é muito mais do que conseguir uma grande quantidade de backlinks. Ao contrário, o conteúdo deve ser focado, objetivo e ser desenvolvido com qualidade, pois o que conta mais é a experiência de leitura do usuário.

 

De nada adianta produzir um material sobre compressor parafuso com informações difusas e de pouca relevância. Por isso, o primeiro passo para elaborar o seu guest post é tratar de assuntos que você realmente domina.

 

A seguir, confira algumas outras dicas que vão te ajudar a criar um conteúdo valioso com o seu artigo de convidado.

1 – Determine um objetivo

É fundamental determinar os objetivos do seu guest post, isto é, o que se deseja alcançar com a estratégia. Com isso, é possível orientar os blogs certos para enviar o seu artigo, além de aumentar a credibilidade do conteúdo.

 

Em geral, as principais metas de um guest post são:

 

  • Estabelecer-se como autoridade no assunto;
  • Alcançar maior reconhecimento no mercado;
  • Aumentar a visibilidade do seu site e o tráfego orgânico;
  • Atrair backlinks para a sua página web.

 

Caso o seu guest post seja publicado em um blog que já tem credibilidade no mercado, fica muito mais fácil conquistar todos os objetivos de uma vez só.

2 – Procure sites com público-alvo semelhante

De nada adianta escrever um ótimo artigo sobre cobertura em policarbonato alveolar, se o seu conteúdo é publicado em um site que pouco tem a ver com o nicho de atuação e tem um público-alvo completamente diferente.

 

É provável que os usuários não se interessem pelo material e o seu guest post fique esquecido. Por esse motivo, é importante encontrar sites ou blogs que publiquem materiais relativos às temáticas que você escreve.

 

Uma dica é começar a busca por palavras-chave. Isso ajuda a encontrar páginas com grande autoridade no Google e, com isso, é possível enviar uma prévia do seu material.

3 – Foque no conteúdo

O guest post não é uma oportunidade para fazer propaganda da sua marca, produtos ou serviços. Ao contrário disso, é o momento de oferecer conteúdo valioso para a audiência.

 

Ou seja, por mais que a intenção seja apresentar uma coifa para cozinha industrial, que é o produto comercializado pela sua empresa, o conteúdo deve ser focado em uma temática relevante, por exemplo, “equipamentos essenciais para uma cozinha industrial”.

 

Claro que algumas informações podem ser incluídas no artigo, mas elas devem ser reservadas a uma pequena parte do texto, de modo não propagandístico.

 

A mesma situação vale para autores que desejam fazer marketing pessoal.

4 – Adicione um CTA atrativo

No final do artigo, é interessante adicionar um CTA (Call to Action, ou chamada para ação), para que os usuários realizem alguma atividade de engajamento, como um comentário, compartilhamento, etc.

 

Isso ajuda a melhorar a interação dos leitores com o seu conteúdo e, consequentemente, aumentar a relevância do guest post.

 

O CTA pode ser uma opção para você divulgar o seu produto ou serviço. Por exemplo, ao final, é possível chamar o usuário para conhecer mais sobre o aluguel de empilhadeira e fazer uma cotação sem compromisso.

 

É uma forma de conquistar um número maior de leads (potenciais clientes) e aumentar o tráfego para o seu site.

5 – Siga o editorial do blog

Como você é um(a) convidado(a), é importante seguir a linha editorial do blog ou site que irá publicar o artigo. Portanto, busque conhecer mais sobre a página, veja o tipo de conteúdo frequente e siga uma linguagem adaptada ao público-alvo.

 

Se necessário, peça que o proprietário da página envie algumas diretrizes, ou até mesmo um briefing, para melhor direcionamento do conteúdo.

 

Inclusive, recomenda-se enviar um rascunho, perguntar se é necessário realizar algumas alterações para seguir o editorial do blog e, somente após a aprovação do proprietário, finalizar o material.

Conclusão

O guest post, também chamado de “artigo de convidado”, é uma ótima maneira de aumentar a sua credibilidade na internet, melhorar o rankeamento do seu site dentro dos buscadores (Google) e, ainda, conquistar autoridade no mercado.

 

Por esse motivo, a estratégia se tornou cada vez mais frequente, sendo usada por redatores, especialistas, estudiosos, acadêmicos, entre outros profissionais que desejam melhorar a sua imagem online.

 

No entanto, mais do que uma oportunidade de vender um produto, serviço ou fazer marketing pessoal, o guest post deve ser voltado ao usuário, proporcionando uma boa experiência de leitura e consumo de conteúdo.

 

Sendo assim, vale a pena focar em uma produção de qualidade, com informações relevantes e curiosas, para que os leitores sintam confiança no seu artigo.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.