fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Variedades

Como utilizar melhor os espaços pequenos em casa?

Adquirir móveis multifuncionais, investir em iluminação, cores, ganchos, prateleiras espelhos e portas de correr são algumas dicas importantes

 

O Feng Shui é uma prática da China antiga que estabelece regras para organizar os cômodos no interior da casa, harmonizando os indivíduos com o ambiente em que eles estão inseridos. Há milênios, ele reconhece a importância de saber disponibilizar móveis e objetos a fim conseguir um local mais confortável.

 

Nas últimas décadas, os apartamentos vêm adquirindo cômodos cada vez menores, o que tem exigido uma remodelação de áreas como a arquitetura e o design de interiores com o objetivo de preservar funcionalidades em um espaço reduzido.

 

Este ano, a necessidade de passar mais tempo em casa exigiu adaptações nas moradias para conseguir abrigar as atividades relacionadas ao trabalho e  instalar adequadamente móveis e objetos adquiridos. Confira algumas dicas para usar melhor os pequenos espaços de sua casa.

Móveis multifuncionais

Se o espaço é pequeno, uma dica importante é adquirir móveis multifuncionais para economizar extensão. Um exemplo é a cama com gavetas, o que tira a necessidade de comprar armários para guardar roupas, calçados e acessórios.

 

Para quem tem filhos ou divide o quarto, vale investir em beliches para aproveitar os espaços aéreos do cômodo. Se você não gosta disso, outro sistema que pode ser uma boa opção é utilizar camas dobráveis. Além de discretas, elas podem ser recolhidas quando não são usadas, liberando espaço.

 

Outra dica são os armários dobráveis, que podem ser transformados em mesas, banquetas, que também são porta-objetos, sofá extensível que vira um dormitório, cama e puff baú.

Espelhos e iluminação

Embora seja clichê, investir em espelhos e iluminação da casa segue sendo uma boa dica para dar a sensação de que o ambiente é maior que realmente é. Além disso, essa estratégia ajuda na decoração, tornando-a mais intimista e dando mais identidade para a residência.

 

No caso da iluminação, vale pensar em luzes embutidas e luminárias. Sobre os espelhos, é possível colocá-los especialmente nos corredores e na entrada da casa, logo depois da porta.

Porta de correr

Essa porta é daquelas que se abrem horizontalmente e são ótimas para economizar espaços da área que seria usada para a circulação da porta de abrir. Ela também confere um ganho de estilo, contribuindo para uma atmosfera moderna.

 

Uma das desvantagens dessa porta é o isolamento acústico: como nem sempre são mantidas completamente fechadas e existem vãos entre elas e a parede, pode ser mais difícil controlar a entrada e a saída de som entre diferentes ambientes ou cômodos. Por isso, antes de instalá-la, é bom consultar um designer para ver quais reformas podem ser necessárias para isso.

Prateleiras e ganchos

Outras peças que ampliam o espaço útil de uma casa são a prateleira e os ganchos. Ao serem colocados nas paredes, esses objetos não ocupam espaço no chão, nem atrapalham a circulação de pessoas, diferentemente de outros móveis.

 

Outra vantagem é que as prateleiras permitem uma melhor organização de alguns objetos em determinados grupos, por exemplo, livros, acessórios e mochilas. O cuidado necessário é não exagerar na quantidade de itens colocados nelas, pois, além de conferir um aspecto desorganizado ao cômodo, esse exagero produz o risco de a prateleira cair.

Perímetro do cômodo

A maneira como os móveis são distribuídos nos cômodos é fundamental para obter maior sensação de amplitude. Uma dica importante é colocar sofás e poltronas obedecendo ao perímetro de um determinado ambiente. Além de dar a impressão de o espaço ser maior, isso libera a parte central para a circulação de pessoas ou disposição de outros móveis.

 

Nesse sentido, é importante aproveitar cada canto da casa, incluindo o espaço embaixo das escadas, e apostar em cores, que também ajudam a conferir maior sensação de amplitude e estilo para a moradia.

Comentários