fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Variedades

Como fazer minha primeira viagem sozinha

Tomando os devidos cuidados, viajar desacompanhada pode ser uma experiência incrível

 

Viajar é uma das formas de lazer mais desejada pelas pessoas, de uma forma geral. Estar em contato com novos ares, lugares e pessoas, conhecer um pouco mais sobre a história ou ainda entrar em contato com a natureza, todas essas possibilidades são possíveis quando a gente se permite viajar.

 

Quando se trata de viagens sem um ou mais acompanhantes, pode bater aquela insegurança, afinal, nem toda mulher tem o costume de viajar sozinha. No entanto, isso não pode (nem deve) te impedir de viajar, pois, existem milhares de destinos seguros para serem desbravados por aí.

 

Como em qualquer outro tipo de viagem, é preciso um planejamento prévio e conhecimento sobre o lugar de destino. Para evitar situações desagradáveis, também são necessários alguns cuidados extras, mas nada que impeça você de se aventurar mundo afora, acompanhada ou não.

Organize a viagem

Em qualquer tipo de viagem, para que tudo ocorra minimamente bem, é preciso se planejar com um pouco de antecedência. O primeiro passo é escolher o destino. No caso de viagens solos, é interessante optar por lugares considerados mais seguros.

 

Ambientes em que o nível de criminalidade são muito altos podem não ser os melhores para quem vai viajar sozinha pela primeira vez. Acontece também que, em algumas cidades, existem pontos específicos que são menos seguros que os outros. Portanto, busque se informar previamente.

 

Outro aspecto é observar os horários dos passeios. Não queira dar uma de super-heroína e se aventurar saindo tarde da noite em locais que, sabidamente, não lhe oferecem segurança. É preferível voltar mais cedo da balada ou ainda chamar um táxi do que se arriscar pegando um ônibus ou caminhando no escuro.

Comunique seu roteiro a alguém de confiança

Se você for viajar sozinha, principalmente, para um destino onde não há nenhum amigo ou conhecido, comunique aos seus pais, companheiro(a) ou melhores amigos. É sempre bom deixar quem a gente ama sabendo dos nossos passos em uma viagem solo.

 

Isso nada mais é do que uma medida de segurança prévia, até para que eles também se sintam seguros, mesmo estando fisicamente distantes de você.

Leve menos bagagem

Viajar com menos bagagem é algo que todo mundo deveria aprender a fazer, sendo ainda mais necessário quando se está sozinha. Pense que é você quem terá que carregar todas as malas, as frasqueiras e as bolsas. Então, optar por um acessório menor, geralmente, é o suficiente.

Esteja atenta ao seu redor

Essa dica vale para todo mundo, mas, para mulheres viajando sozinhas, é ainda mais importante. Tente estar atenta ao local onde você está. Se perceber qualquer movimentação estranha, saia de lá ou procure ajuda. Tente não expor seu celular e sua carteira quando estiver caminhando na rua.

 

Preste atenção à sua bolsa ou mochila. Caso pare para sentar em um banco de praça ou passear em um museu, deixe-a mais próxima de você e, se possível, use um pequeno cadeado na parte mais externa — a chave precisa estar no seu bolso para qualquer emergência.

Não aceite comida ou bebida de estranhos

Se sua mãe nunca te ensinou isso, é melhor aprender agora e levar esse ensinamento para o resto da vida: nunca aceite comida ou bebida de estranhos. Mesmo que a pessoa esteja sendo educada ou ainda haja um clima entre vocês, é melhor prevenir do que remediar.

 

Existem pessoas mal intencionadas que aplicam golpes, violência física e até sexual, caso tenham a oportunidade. Então, compre sua própria bebida e comida. Não deixe nada na mesa. Coma ou beba e só depois se levante porque, numa saidinha dessas, por exemplo, seu copo pode ser contaminado com drogas ou soníferos.

Comentários