fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Variedades

Saiba o que esperar da Black Friday 2020 e veja dicas para aproveitar a data

Clientes estão cada vez mais exigentes, e lojas sabem disso. Compras on-line, frete grátis e cashback estarão em alta.

 

Realizada no Brasil desde 2010, a Black Friday é uma oportunidade muito aguardada pelos consumidores para comprar aquele item desejado com desconto. Este ano, o dia de promoções vai acontecer em 27 de novembro, mas quem quer fazer um bom negócio já pode começar as pesquisas.

 

Assim como nos anos anteriores, muitos varejistas começaram a anunciar descontos ou devem fazer isso nos próximos dias. Desse modo, quem estiver ligado pode aproveitar a Black Friday antes mesmo da data oficial, ainda no tradicional “esquenta”.

Comércio on-line deve crescer ainda mais

O comércio on-line registrou alta em praticamente todas as pesquisas de mercado feitas esse ano, especialmente, em datas comemorativas, como Dia das Mães, Dia dos Pais e Dia dos Namorados.

 

Um crescimento ainda maior é esperado com a proximidade da Black Friday. Isso porque, com as restrições de circulação, muita gente que ainda não tinha o hábito de comprar on-line passou a fazer isso.

 

Além disso, muitas lojas que não tinham site, agora, têm. Por isso, mesmo de portas abertas, esses estabelecimentos devem incentivar os clientes a comprarem em suas plataformas on-line, evitando aglomerações. Vale ficar de olho em descontos especiais que podem ser oferecidos somente no ambiente virtual.

Consumidores estão mais experientes e exigentes

No entanto, o aumento do número de consumidores no ambiente digital vem junto de compradores mais exigentes e dispostos a pesquisar. Por isso, os lojistas que oferecem descontos maiores, cashback, frete grátis ou expresso têm mais chances de sair na frente.

 

O frete grátis já é o queridinho há várias edições, mas o recurso expresso é uma novidade que tem ganhado cada vez mais espaço. Inclusive, há muita gente disposta a pagar um pouco mais para receber o produto em menos tempo. Essa pode ser uma oportunidade de economia para quem topa esperar um pouco mais.

 

Ainda pouco conhecido, o cashback também deve fazer sucesso em 2020. Trata-se de um programa de recompensas, no qual uma porcentagem do valor pago é devolvido ao cliente para gastar em novos produtos ou serviços. Isso é bom tanto para o cliente, que economiza, quanto para os lojistas, que garantem que vão fazer uma nova venda para aquele consumidor.

 

As redes sociais também devem continuar sendo fortemente exploradas pelos lojistas. Essa é uma ótima estratégia, pois, praticamente, todo mundo que compra on-line tem uma conta em, pelo menos, uma dessas plataformas e é influenciado pelo que vê ali.

Lojistas precisam investir em diferenciais

As tendências para essa época de compras foram apresentadas no início de outubro, no evento “Temporada Black Friday”, realizado pelo Google. Durante o encontro, que ocorreu on-line, os descontos foram apontados pelos especialistas, como fatores básicos.

 

Como sempre, os preços costumam ser critério decisório para os consumidores. Aliás, as buscas por promoções aumentaram 38% entre abril e julho deste ano. No entanto, serviços e diferenciais inclusos no preço final serão cada vez mais avaliados e considerados por quem vai comprar.

 

Quem assistiu às palestras do canal do YouTube do Google também viu que os consumidores estão mais espertos. A estratégia de aumentar os preços antes da data, para, depois, parecer que um superdesconto foi aplicado, não deve convencer, justamente porque as pessoas estão fazendo mais pesquisas e planejamentos.

 

Os especialistas também aconselham os lojistas a investirem em novidades, lançando produtos ou serviços que os diferenciam dos concorrentes. Assim como outras datas comemorativas, a Black Friday é vista como uma oportunidade para conquistar novos públicos e fidelizá-los.

 

 

 

 

Comentários