Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Como desenvolver um curso online?

O mundo digital nos permitiu explorar a internet e a tecnologia de diversas maneiras. Assim, o entretenimento, o trabalho e a aprendizagem se tornaram mais fáceis, sendo que uma das ideias que tem tido muito sucesso é a criação de um curso online.

 

Pensando nisso, no texto de hoje, abordaremos como desenvolver o seu próprio curso, formas para fazer isso, além de vantagens e algumas dicas e orientações sobre o tema em questão.

 

Antes, é importante ressaltar que desde o início da internet, as pessoas a utilizam para resolver diversos problemas, pesquisar curiosidades e ter algumas informações que não se tinha acesso antes, ou que, mesmo tendo aprendido, por algum motivo não se lembra.

 

Com o passar dos anos, as pessoas começaram a utilizar o talento e conhecimento para fazer dinheiro extra, o que de fato não é errado. As próprias empresas começaram a lançar cursos sobre diversos assuntos, por exemplo, rolamento de esfera.

 

Então, diversas pessoas começaram a fazer pequenos cursos online, onde o seu conhecimento era centralizado e passado para aqueles que se interessavam e, como já era de se esperar, isso vem dando muito certo até os dias atuais.

 

Inclusive, é bastante normal que as pessoas continuem consumindo cursos online quando o material é bem desenvolvido, útil, original, transformador e, acima de tudo, didático. Afinal, se for apenas para ler o conteúdo, o curso pode não ser tão bom.

 

Portanto, seja um curso que fala sobre diversos tipos de lamina para trator ou ensinando a tocar gaita, alguns elementos são necessários para que você o desenvolva da melhor forma possível. Confira agora alguns critérios essenciais para criar o seu próprio curso.

Primeiro passo: Qual será o seu foco de ensino?

Não é necessário que você tenha diploma na área que montará o curso ou tenha experiência como professor, mas é necessário que tenha mais conhecimento do que aqueles que aprenderão contigo. 

 

Obviamente que, caso você crie um curso online voltado para a sua área de estudos e na qual você adquiriu o diploma, será muito melhor. Apenas não se sinta obrigado a se prender apenas a esse tema, afinal, você pode, e deve, expandir os horizontes.

 

Independentemente se o curso abordará tipos de furadeira, manual, automática ou furadeira magnética usada, é importante que você domine o máximo possível o assunto.

Acredite quando dizemos que os alunos conseguem perceber quando a pessoa não tem total domínio.

 

Então, para decidir qual o assunto que o seu curso tratará, faça algumas reflexões e perguntas para si mesmo e, quando encontrar as respostas, muito provavelmente você já saberá por onde começar a desenvolver o conteúdo das aulas.

 

Qual conteúdo as pessoas dizem que você conhece muito e é constantemente elogiado? Você conhece um jeito ou modo de realizar algum trabalho específico mais rápido ou com mais qualidade que outras pessoas?

 

Você sabe muito sobre, por exemplo, pallets PBR?  Ao adentrar o assunto, não percebe o tempo passar? Tem alguma atividade que você consegue realizar que as pessoas têm muita dificuldade em conseguir também?

 

Se veio a sua mente algum tema quando pensou nesses assuntos, é ele que deve usar para fazer o seu próprio curso online.

Segundo passo: Escolha o mercado

É extremamente comum que muitas pessoas desistam da ideia de oferecerem cursos online pelo simples fato de entenderem que o mercado já está saturado e o nicho no qual ela tem conhecimento já tem muitos profissionais e cursos atuando.

 

Esse pensamento é um tremendo erro, e pode acabar te limitando a desenvolver qualquer ideia ou tomar alguma atitude para qualquer situação em sua vida. Quando pensamos então no meio profissional, isso é ainda mais agravante.

 

Seja conhecimento avançado em gradil preço ou até mesmo sobre algum código de programação, não existe mercado saturado quando o conteúdo que está sendo criado é bom e diferente. As pessoas gostam de qualidade e o seu curso pode se tornar referência.

 

A partir do momento em que o conteúdo produzido por você e sua equipe é um diferencial dos outros do mercado, os concorrentes terão de correr para alcançar seu padrão de qualidade, e os clientes preferirão aquele que melhor os atende.

 

Mas caso, mesmo assim, ainda queira ter uma maior noção sobre quais os mercados mais populares, abaixo temos alguns exemplo:

 

  • Finanças no geral;
  • Saúde e emagrecimento;
  • Relacionamentos pessoais e profissionais;
  • Aprendizado sobre tecnologias no geral.

 

Esses são os que mais chamam atenção dos clientes e, consequentemente, os mais competitivos. Ou seja, caso você queira utilizar um assunto um pouco mais de nicho como conhecimentos de mangueira de alta pressão, é muito bem-vindo.

Terceiro passo: Não tenha medo de perguntar

Como saberá o que os seus clientes querem, esperam e desejam do seu curso online sem perguntar a eles? Um dos maiores erros de quem tenta criar cursos online, e até mesmo de várias empresas por aí, é achar que sabem o que o seu público quer, e falhar.

 

A maior vantagem em se montar esse tipo de conteúdo que é mais caro e personalizado, é justamente pesquisar a sua audiência e saber o que ela quer que seja entregue, aumentando a sua proximidade do cliente e gerando fidelidade.

 

Ao analisar os problemas mais comuns, você consegue criar um conteúdo que foca tanto nas dúvidas que todos da área já tiveram ou ainda têm, quanto nas dúvidas mais específicas e orientações de algumas ações que o cliente pode tomar.

 

Vamos supor que o tema do curso seja suporte para extintor e extintores em um contexto geral, mesmo com um assunto tão específico, você pode perguntar em redes sociais, caixas de diálogos, sites ou até mesmo na plataforma de curso sobre algumas questões.

 

Pergunte o que eles tem medo, o que os motiva, quais os maiores medos e desejos, como é a rotina dentro e fora do trabalho, quais as maiores expectativas no meio profissional, e outras tantas possibilidades. Isso dará a você um conhecimento mais profundo.

Quarto passo: Planeje a entrega de conteúdo

Um curso online, ao longo do período de horas que a pessoa tem disponível, deve pensar em como entregar tanto conhecimento para os seus clientes. Nem sempre a forma que um curso disponibiliza o material funciona igual ao de outro.

 

Sendo assim, independentemente se o assunto daquela aula é válvula globo, deve existir uma sequência de ideias, conceitos ou aprendizado que cresça de forma espontânea e gradual, para que assim o aluno aprenda e acumule conhecimento enquanto avança.

 

Isso significa que, não adianta querer também inserir muita coisa durante o material se você e sua equipe não abordam de forma gradual e dinâmica.

 

Não apenas isso, mas uma coisa é você que conhece sobre o assunto e está desenvolvendo, mostrar para as pessoas, outra coisa é apenas assistir. Portanto, é bom entre uma aula e outra passar exercícios que ajudem na compreensão do que é mostrado.

 

Exercícios ajudam a pessoa a pensar por si mesma ao invés de acompanhar o pensamento de outro. Sendo assim, você precisa planejar isso enquanto faz a montagem de aulas, bem como a forma como entregará o material para os alunos.

 

E, aumentando o potencial deste tópico, também é interessante e importante dar todo o apoio no quesito de dúvidas e materiais adicionais às aulas, como uma central onde todos podem tirar as dúvidas com você e com outros alunos.

 

Essa troca de informações ajuda a passar o conhecimento e a enxergar pontos que antes poderiam não ser perceptíveis para as pessoas, construindo aos poucos o raciocínio e, finalmente, entendendo o assunto.

Considerações finais

Com o texto de hoje, ficou bastante claro as formas e o modo de como você pode desenvolver um curso online, além de um passo a passo de como fazer isso de maneira mais efetiva e que seja, de fato, com qualidade.

 

Embora esses cursos tenham crescido muito de popularidade, fique tranquilo, pois são várias as pessoas que se interessam e diversos os assuntos que podem ser abordados, dependendo apenas de investimento de tempo e de conhecimento para aplicá-lo.

 

Claro que a forma de como você ensinará é muito particular, porém utilize as informações disponibilizadas no decorrer do texto para ter um guia de como fazer isso, adaptando tudo que precisa de maneira simples e funcional.

 

Sendo assim, pense em formas de mostrar o seu trabalho e ser um diferencial no mercado. Cada curso pode ser diferente do outro, mas a qualidade sempre deve ser alta, afinal, não existe marketing melhor do que um produto bem estruturado, planejado e de alto nível.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.