SB24Horas

Notícia na hora certa!

Como desenvolver a criatividade no ambiente de trabalho

A criatividade representa a capacidade de desenvolver ideias novas ou imaginativas e transformá-las em realidade. Tem um papel importante a desempenhar no local de trabalho, mesmo em funções que não parecem exigi-la para as tarefas do dia-a-dia. 

As empresas podem usar a criatividade no local de trabalho para criar soluções inovadoras ou ambientes de trabalho mais positivos e colaborativos. Ela faz com que os funcionários pensem fora das normas e experimentem. 

Além da experimentação, o processo criativo também envolve fazer perguntas ou olhar para os problemas de diversas perspectivas. Essas qualidades podem ajudar a promover comportamentos de ideias novas e de trabalho em equipe mais produtivos.

A sugestão de baloes para eventos corporativos personalizados, novas estratégias de marketing, implementação de ações em grupo e de brindes para clientes podem ser ideias que surgem a partir do fluxo do pensamento de funcionários.

Um local de trabalho que estimula a criatividade também tem o benefício adicional de um forte vínculo de equipe, melhor trabalho em equipe e até retenção de funcionários. 

Neste artigo, vamos te mostrar quais os principais benefícios da criatividade no ambiente de trabalho e como você pode estimular o seu desenvolvimento dos profissionais. 

Benefícios da criatividade no trabalho

A criatividade transforma os pensamentos individuais e em grupo. As vantagens de adotá-la no trabalho são múltiplas e envolvem:

  • Identificação de novas oportunidades;
  • Aumento da curiosidade;
  • Promoção de inovação;
  • Estímulo da mente;
  • Melhoria da colaboração.

Apresentaremos os detalhes de cada benefício abaixo.

Identificação de novas oportunidades

As técnicas de pensamento criativo desafiam as formas atuais de pensar ou fazer as coisas das pessoas. Quando eles olham além do que já existe, isso pode abrir suas mentes para oportunidades novas ou inesperadas. 

Aumento da curiosidade

Um componente essencial do pensamento criativo é a vontade de experimentar. A experimentação permite que os indivíduos testem novas ideias para determinar se funcionam ou não, sem medo de errar.

Promoção da inovação

O pensamento criativo permite que os indivíduos vejam as coisas de todos os ângulos diferentes para criar algo novo. As empresas que promovem a inovação interna e externamente podem gerar entusiasmo e se diferenciar de seus concorrentes.

Estímulo da mente

Os exercícios de pensamento criativo geralmente incorporam atividades divertidas e empolgantes que estimulam diferentes áreas da mente do que as tarefas do dia-a-dia. Há o incentivo dos indivíduos a buscar ideias em tudo, o que os inspira cada vez mais.

Melhoria da colaboração

A colaboração eficaz requer que os membros da equipe e líderes aceitem e ouçam uns aos outros. Como o pensamento criativo promove a mente aberta e a flexibilidade, os indivíduos que usam essa habilidade estão mais dispostos a experimentar as ideias alheias.

5 dicas de ouro para aumentar a criatividade no local de trabalho

Agora que você já sabe quais são os benefícios e a importância da criatividade no ambiente de trabalho, confira essas 5 dicas que te ajudarão a aumentar o número de ideias.

1. Diversifique sua equipe

O foco na construção de uma equipe diversificada mostra uma ênfase do nível gerencial não apenas em diferentes tipos de pessoas, mas também em diferentes pontos de vista. 

Trabalhando em uma equipe diversificada, os funcionários são estimulados a pensar além de suas próprias experiências e expectativas, mantendo suas ideias inovadoras e diferenciadas.

Por exemplo, ter na sua equipe de comunicação visual impressão digital profissionais do ramo de marketing, administração, contabilidade, gestão de projetos e de ciência de dados pode miscigenar conhecimentos a favor de novas ideias.

2. Coloque menos foco na produtividade

Um dia de trabalho otimizado não promove um ambiente para a criatividade. A obsessão pela produtividade pode, na verdade, sufocar a criatividade por promover um ambiente opressor e psicótico em relação a prazos.

Embora seja importante garantir que sua equipe produza resultados, os gerentes devem puxar o pé do acelerador e dar a sua equipe a liberdade de ter “momentos não produtivos” em sua semana de trabalho. 

Esses momentos sem produtividade são como um presente para empresas por estimular a criatividade e o surgimento de novas ideias, em decorrência de mentes mais relaxadas e pensando.

Especialmente com a mudança global para o trabalho remoto, isso poderia ajudar a aliviar o estresse e o esgotamento relacionados à produtividade, que tem aumentado nos últimos anos. 

3. Aceite as falhas

Um local de trabalho criativo é aquele que está aberto a novas ideias, e isso inclui a criação de concessões para ideias que fracassam. 

Embora possa doer no curto prazo, abraçar as falhas pode criar novas oportunidades de aprendizado para sua empresa e criar novos caminhos para o crescimento.

Em primeiro lugar, certifique-se de que seus funcionários sintam um alto nível de segurança psicológica. Isso significa que eles podem cometer erros no local de trabalho sem medo de penalidades. 

Estabeleça então regras de comunicação para gestão de conflitos, construa uma cultura de feedback bidirecional e meça regularmente a segurança psicológica fornecida pela empresa.

Imagine que sua empresa produz enfeites de natal para arvore e um funcionário deu uma ideia para produzir maior quantidade de bolas ao invés de festim. As vendas, contudo, foram maiores quanto ao festim.

Todavia, você deve chamar a atenção, mas aceitar tal falha, afinal “errar é humano”. Não reprimir o funcionário pode contribuir para que ele continue citando suas ideias e mantenha sua criatividade.

4. Diga “Sim, e”

Muitos gurus da inovação dirão aos gerentes para nunca dizer “não” às ideias. Essa abordagem ajuda a capacitar e incentivar os funcionários a apresentarem suas ideias, sem medo de rejeição.

No entanto, há momentos em que existem motivos legítimos pelos quais uma ideia não funcionaria ou poderia até ser prejudicial para uma empresa. 

Por exemplo, seu funcionário sugere brindes empresas criativos mas não apresenta um planejamento sólido de como isso beneficiaria o negócio. Ao invés de dizer não, você pode dizer sim e modelar a ideia junto ao colaborador.

Embora seja importante que os funcionários se sintam à vontade para compartilhar ideias, os gerentes também precisam se sentir à vontade para compartilhar sua experiência e conhecimento em seu campo e tomar decisões que beneficiem a empresa.

Então, em vez de evitar a palavra “Não” para ideias, tente a abordagem “Sim, e …”. Ao aplicar essa abordagem no local de trabalho, crie uma cultura de construção de ideias em vez de rejeitá-las a todo momento. 

Todas as novas ideias têm um valor inerente – ou mostram um ponto de vista inexplorado, uma abordagem inexplorada ou uma nova lição a aprender. Destacar esse valor pode ajudar a levar adiante uma sessão de brainstorming e manter os funcionários pensando.

Imagine que o seu potencial cliente faz buscas na internet como o termo “placas de sinalização personalizadas SP” e seu cliente tem uma ideia de promover descontos de 60% nos produtos durante um dia de liquidação.

A ideia pode não ser viável, mas você pode adotar o “Sim” e fazer com 20% de desconto, por exemplo.

Mesmo as ideias antigas têm valor – se forem ideias experimentadas e testadas, são boas oportunidades para explorar por que não deram certo, se há algo a ser aprendido com essa falha, ou mesmo se havia uma maneira de melhorar essa abordagem. 

5. Abrace a plena atenção

A criatividade pode ser difícil de alcançar, especialmente durante tempos estressantes (como uma pandemia global ou recessão), mas não precisa parar em tempos difíceis. Na verdade, os maiores desafios podem ser o melhor momento para novas inovações. 

Se sua força de trabalho está lutando contra altos níveis de estresse, adotar práticas de atenção plena pode ajudá-los a controlar o estresse, prevenir o esgotamento e até mesmo promover a criatividade. 

Você pode pensar em adotar uma caneca de acrilico personalizada que fique em sua mesa ou um quadro de lembretes para que sempre que tente desviar o foco, lembre da atenção plena e a pratique como uma meditação.

A atenção plena pode trazer à mente práticas de meditação, mas basicamente significa a capacidade de permanecer no presente e desenvolver a capacidade de observar emoções e pensamentos em vez de ser dominado por eles. 

As grandes empresas agora estão aproveitando os benefícios da atenção plena no local de trabalho. Além da meditação, a atenção pode ser devolvida por meio de uma simples respiração profunda ou de uma caminhada na natureza.

Para manter ainda mais a concentração e atenção plena, podem ser adotadas placas de comunicação visual interna impedindo que os funcionários sejam incomodados durante o processo criativo e de trabalho e garantindo o foco nas ideias.

Portanto, siga as dicas deste artigo e comece hoje mesmo a implementar no local de trabalho. A criatividade irá fluir de modo natural, e assim você verá novidades surgirem.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.