CEDOC abre inscrições para grupos da terceira idade

Com mais essa inovação, o CEDOC abriu vagas para grupos da 3ª idade que queiram participar do “História Local Como Elemento de Cultura e Cidadania”.

A partir de junho, os grupos da terceira idade que queriam vivenciar, de forma interativa, a história de Santa Bárbara d´Oeste, sobretudo, da fundação da cidade e dos imigrantes, já podem fazer suas inscrições. As vagas são limitadas e as visitas, orientadas pelos próprios personagens da história municipal, e as contações, começam e julho.

Os grupos da terceira idade podem participar de uma visita orientada, guiados pelos personagens de Dona Margarida e seu escravo, no espaço expositivo do Centro de Documentação Histórica (CEDOC), na Fundação Romi, para conhecerem a história do surgimento da cidade, o início do cultivo da cana-de-açúcar e a criação dos primeiros engenhos. Podem ainda, com a participação de uma contadora de história, para a conhecerem a trajetória dos imigrantes americanos e Italianos que vieram para esta região.

A proposta é recuperar e reforçar a memória do desenvolvimento da cidade com vista ao fortalecimento do vínculo da sua população com a história do município de Santa Bárbara d’Oeste. A atividade é participativa, capaz de dialogar com os visitantes. Nossa intenção é fazer com que os grupos da terceira idade possam trocar informações, experiências e trazer à tona conhecimentos históricos da cidade, valorizando aqueles que foram os precursores da história atual.”, afirma a Coordenadora do CEDOC, Sandra de Souza.

 

Programação

 

Área temática: FUNDAÇÃO DA CIDADE

Oficina: JOGO DRAMÁTICO: A HISTÓRIA DA FUNDADORA

Público Alvo: Grupos da Terceira Idade (grupo mínimo 20 pessoas | máximo 40 pessoas)

Atividade: Visita orientada pelos personagens de Dona Margarida e seu escravo no espaço expositivo do CEDOC, área temática “Fundação da Cidade”, para conhecer a história do surgimento da cidade, o início do cultivo da cana-de-açúcar e a criação dos primeiros engenhos.

Desenvolvimento: Equipe CEDOC e Cia. Xekmat

Objetivo: Permitir o acesso ao CEDOC, e o conhecimento da história da fundação de Santa Bárbara d’Oeste.

 

Área temática: IMIGRAÇÃO

Oficina: Conhecendo a história dos imigrantes

Público Alvo: Grupos da Terceira Idade (grupo mínimo 20 pessoas | máximo 40 pessoas)

Atividade: Visita orientada ao espaço expositivo do CEDOC, com a participação de uma contadora de história, para conhecer a trajetória dos imigrantes americanos e Italianos que vieram para a região de Santa Bárbara d’Oeste.

Desenvolvimento: Equipe CEDOC e Cia. Xekmat

Objetivo: Permitir o acesso ao CEDOC, e o conhecimento da história dos imigrantes que vieram para Santa Bárbara d’Oeste.

 

Informações e agendamentos

O CEDOC está localizado na Av. João Ometto, 118, Jd. Panambi, em Santa Bárbara d´Oeste. Fone: (19) 3499-1558. E-mail: cedoc@fundacaoromi.org.br.

Há vagas disponíveis para todos os dias do mês de Julho, segundas e sextas-feiras, a partir das 13h30, para o mês de Agosto e, todos os dias, nos meses de Setembro, Outubro e Novembro deste ano (2015). O expediente do CEDOC é de segunda à sexta-feira, das 7h30 às 16h30.

 

Centro de Documentação Histórica

O CEDOC é um espaço vivo de preservação da história, que atua na guarda, conservação e disponibilização do acervo da Fundação Romi e da Indústrias Romi – com destaque para o acervo do Romi-Isetta –, além de resgatar todo o passado histórico de Santa Bárbara d’Oeste e região. Além de um espaço expositivo vivaz e dinâmico, o Centro de Documentação Histórica recebe exposições e palestras, promove visitas monitoradas e técnicas, oficinas de capacitação e experimentação, educação patrimonial, pesquisa no acervo virtual e serviços de digitalização de imagem.

 

Fundação Romi

Criada em 1957, em Santa Bárbara d’Oeste, pelo casal Américo Emílio Romi e Olímpia Gelli Romi, a Fundação Romi tem como missão promover o desenvolvimento social e humano por meio da educação e cultura. Pioneira na promoção da comunidade regional e na realização de ações sociais, atende mais de 37 mil pessoas por ano por meio de seus quatro grandes eixos: o Centro de Documentação Histórica (CEDOC), o Centro de Vivências do Desenvolvimento Infantil (CEDIN), o Núcleo de Educação Integrada (NEI) e a Estação Cultural (EC). Tendo como apoiadora as Indústrias Romi S.A., instituições governamentais, não governamentais e a inicia privada, a Fundação Romi objetiva, continuamente, atingir números mais expressivos por meio de suas áreas de atuação, seus programas e seus projetos.

A Fundação Romi está localizada na Avenida Monte Castelo, 1095, Jd. Primavera, em Santa Bárbara d´Oeste. (19) 3499-1555.

Comentários

Notícias relacionadas