Brasil empata por 0 a 0 com México e segue liderando Grupo A

© Getty Images Goleiro mexicano teve atuação destacada com pelo menos três grandes defesas

Depois da vitória na estreia, o Brasil enfrentou o México no Castelão (CE) pela segunda rodada do Grupo A da Copa do Mundo 2014 e em partida muito disputada e de muitas chances, o placar terminou com empate sem gols.

Os dois times vão a quatro pontos ganhos na classificação da chave, ficando muito próximos da classificação para as oitavas de final da competição.

Os primeiros minutos de partida foram marcados por muitas faltas e pouca iniciativa ofensiva das duas equipes, que brigavam pela posse de bola e por um caminho para criar chances de gol.

Aos 13 minutos, Neymar tentou a jogada com Fred, mas a finalização do atacante do Fluminense foi travada por Rafa Márquez. Na sequência, Marcelo novamente acionou o atacante, mas a bola saiu pela linha de fundo.

O Brasil tinha mais posse de bola, mas deixava espaço para o México trocar passes e se aproximar mais da área brasileira. Aos 23 minutos, Herrera foi para o arremate e mandou por cima do travessão de Júlio César. Logo depois, os mexicanos chegaram mais uma vez em chute de longa distância de Herrera, sem sucesso.

Aos 25, Daniel Alves fez o cruzamento e Neymar foi de cabeça na bola, exigindo grande defesa de Ochoa no lance. O Brasil continuava no ataque, porém os mexicanos marcavam forte e fechavam os espaços para Seleção Brasileira.

Fred tentou de cabeça aos 35 e Ochoa fez novamente a defesa. Três minutos depois, Marcelo tentou de longe a finalização e também não conseguiu sucesso. O México teve sua chance com Layum, aos 40, e a bola saiu ao lado da trave.

Aos 43, em cobrança de falta, a defesa mexicana abriu espaço para o Brasil e Paulinho foi para a finalização, com Ochoa salvando o México de tomar o gol.

Em jogada pela direita no começo do segundo tempo, Bernard apareceu pela direita e fez o cruzamento para Neymar tentar o cabeceio, mas a defesa mexicana chegou antes para fazer o corte. O México continuava marcando forte e tentando abrir espaços no campo ofensivo.

Em chute longo de Guardado, aos sete minutos, Thiago Silva colocou a cabeça na bola e a desviou para fora. O México insistia nas tentativas de longa distância e Vázquez bateu por cima da meta de Júlio César dois minutos depois.

Herrera chutou forte e por pouco não encobriu Júlio César. O México conseguia se lançar no campo ofensivo e tinha mais chances de finalizar, quase sempre de fora da área, com o Brasil tentando tocar a bola em busca de uma chance.

Aos 17, Neymar bateu falta e a bola passou ao lado da meta de Ochoa. O Brasil continuava procurando o gol e aos 23 minutos, após cruzamento vindo da esquerda, a bola sobrou para Neymar tentar o chute e Ochoa ir para outra boa defesa, com a defesa mexicana fazendo o corte na tentativa de Daniel Alves.

O jogo continuava disputado, com os dois times brigando pela bola. Jô foi lançado sozinho na área aos 30 minutos e bateu cruzado, mas pela linha de fundo. O México respondeu em cruzamento de Layun cuja conclusão acabou indo para fora.

Giovani dos Santos bateu falta e a bola foi em cima da barreira. No contra-ataque seguinte, Jô partiu para a área com a bola dominada, mas Ochoa chegou antes da finalização brasileira. O Brasil chegou mais uma vez na bola parada. Neymar bateu falta e Thiago Silva cabeceou para a defesa do goleiro mexicano.

Aos 44, Guardado, após sobra de cobrança de escanteio, bateu de fora da área e a bola foi por cima da meta de Júlio César. O Brasil ainda tentou o gol nos minutos finais, mas a defesa do México acabou neutralizando qualquer iniciativa brasileira.

Próximos jogos de Brasil e México pelo Grupo A da Copa do Mundo 2014

Camarões x Brasil – 23/jun – 17h00 – Estádio Mané Garrincha (Brasília-DF)

Croácia x México – 23/jun – 17h – Arena Pernambuco (Recife-PE)

Ficha técnica

Brasil 0 x 0 México

Local: Arena Castelão, Fortaleza (CE)

Árbitro: Cuneyt Cakir (TUR)
Assistentes: Duran Bahattin (TUR) e Ongun Tarik (TUR)

Brasil: Júlio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho e Oscar (Willian); Ramires (Bernard), Fred (Jô) e Neymar.
Técnico: Luiz Felipe Scolari.

México: Ochoa; Layun, Héctor Moreno, Rafa Márquez, Maza Rodríguez e Paul Aguilar; José Vázquez, Guardado e Herrera (Fabian); Giovani dos Santos (Raúl Jiménez) e Oribe Peralta (Chicharito Hernández).
Técnico: Miguel Herrera.

CA: Ramires e Thiago Silva (BRA); José Vázquez e Paul Aguilar (MEX).

FPF

Comentários

Notícias relacionadas