Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Alunos de Santa Bárbara são contemplados com bolsa de iniciação científica júnior

Estudantes do SESI participaram da elaboração da Cartilha do Ciclista, material educativo lançado pela Prefeitura e Conselho Municipal de Turismo 

 

Os estudantes João Pedro Rodrigues Vintecinco, Mariana Monaro e Dayane Paspardelli, do 9º ano do SESI Santa Bárbara d’Oeste, foram contemplados com uma bolsa de Iniciação Científica Júnior (ICJ) do Conselho Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento (CNPq) pela elaboração do projeto Rastros Silvestres. Nesse trabalho, os alunos fizeram um estudo sobre a fauna que transita em áreas canavieiras. As informações levantadas por eles foram incorporadas à Cartilha do Ciclista, lançada este mês pela Prefeitura e Conselho Municipal de Turismo.

 

O projeto Rastros Silvestres teve como ponto de partida a preocupação com o crescimento do número de ciclistas durante a pandemia e, consequentemente, o aumento da movimentação de pessoas nas áreas rurais, especialmente nas estradas de terra em canaviais. Diante disso, os alunos fizeram uma pesquisa com o objetivo estimular a consciência e a responsabilidade dos ciclistas e desenvolveram o protótipo de um guia, alertando para a existência de vida nesses locais, fornecendo informações sobre a fauna, estimulando a convivência em harmonia e apresentando dicas de segurança.

 

Com esse projeto, os estudantes participaram da edição 2021 da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE), promovida pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP). O trabalho foi premiado e os alunos receberam uma bolsa de Iniciação Científica Júnior do CNPq no valor de R$ 100 mensais por estudante durante 12 meses.

 

Durante a elaboração do estudo, os alunos estabeleceram uma parceria com o poder público municipal e, como resultado, as informações levantadas por eles foram utilizadas na Cartilha do Ciclista, lançada este mês pela Prefeitura de Santa Bárbara e Conselho Municipal de Turismo. O material educativo reúne informações e orientações para garantir a segurança no trânsito e contribuir para a formação de cidadãos conscientes.

 

De acordo com a Prefeitura, o material, escrito por membros do Conselho, conta com recomendações didáticas sobre os tipos de vias para pedalar, informações sobre a saúde do ciclista, itens de sinalização e uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPI), manutenção de bicicletas e boas práticas ao pedalar, além de uma participação especial dos alunos do SESI de Santa Bárbara.

 

Para o secretário de Cultura e Turismo de Santa Bárbara, Evandro Felix, “a contribuição dos alunos do SESI para a elaboração da Cartilha do Ciclista garantiu um trabalho mais robusto, didático e recheado de conteúdo”. Segundo Felix, “em breve os interessados poderão ter acesso ao material impresso em nosso receptivo turístico, localizado no Centro de Atendimento ao Turista, em frente ao Museu da Imigração”.

 

O projeto dos alunos do SESI teve a orientação da professora Érica Fátima Inácio, que ministra a disciplina Eixo Integrador Interáreas, com uma proposta pedagógica interdisciplinar. Os estudantes também tiveram o apoio da coordenadora pedagógica Elisangela de Moraes, da diretora da Escola SESI de Santa Bárbara, Patrícia Furlan, e do diretor do Centro de Atividades do SESI, André Vigneron.