Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

7 formas saudáveis de combater a acne

Alguns hábitos simples podem ajudar a diminuir o problema; cosméticos são aliados, mas sem exagero

 

As espinhas são um problema de pele muito comum e atingem quase todos os seres humanos em alguma fase da vida. Para algumas pessoas, são uma questão que se estende para muito além da adolescência.

 

Apesar de comum, a acne causa um grande desconforto estético e quem tem só quer mesmo é se livrar dela. A boa notícia é que a tecnologia já é uma grande aliada para quem sofre com espinhas e cravos. E, além de tratamentos com diferente tipos de dermocosmético, alguns hábitos podem ajudar a prevenir e tratar o problema.

 

As causas da inflamação podem ser várias, mas em geral o problema aparece porque há uma obstrução das glândulas sebáceas, que acontece com mais frequência quando há excesso de oleosidade. Por isso, uma rotina de cuidados com a pele faz toda a diferença em qualquer tratamento.

Não esprema as espinhas

Vamos começar com essa dica porque a gente sabe que é tentador espremer a acne para tentar fazê-la desaparecer. Acontece que fazer isso pode aumentar a inflamação e ainda deixar uma cicatriz ou mancha no local. Por isso, controle o impulso de mexer nos pontos inflamados!

Capriche na limpeza da pele

Como já sabemos, um dos fatores que facilita o surgimento da acne é a oleosidade. Por isso, é uma boa ideia lavar bem o rosto todos os dias, de manhã e à noite, antes de ir para a cama. Lembre-se de fazer isso com um produto adequado para o seu tipo de pele.

 

Além disso, é importante seguir as recomendações dos rótulos do seu sabonete, gel ou espuma, especialmente aquelas sobre o tempo mínimo para massagear a pele. A maioria dos limpadores faciais depende desse tempo de contato para fazer efeito.

 

Ao fazer essa limpeza antes de dormir, você também garante que vai retirar da pele qualquer resto de maquiagem. Deixar a pele livre para respirar também é um jeito de prevenir a acne.

Não lave excessivamente o rosto

Embora seja importante fazer uma boa limpeza no rosto, lavá-lo várias vezes ao dia pode não ser uma boa ideia. O motivo é que pode acontecer o efeito rebote, que é o seu organismo entender que precisa intensificar a produção de sebo para compensar a remoção constante da oleosidade.

Sempre hidrate

Essa é uma dica que pode parecer contraintuitiva, já que a oleosidade é um fato que aumenta a probabilidade do surgimento da acne. Porém, ao contrário do que parece, hidratar o rosto — desde que escolha um creme adequado para o seu tipo de pele — não aumenta a oleosidade, mas contribui para controlá-la.

 

Hidratação e oleosidade são coisas diferentes e, além disso, não hidratar a pele pode fazer com que o seu organismo entenda que precisa produzir mais sebo, para compensar, piorando o problema. Se você tem a pele oleosa, prefira hidratantes sem óleo na composição.

Beba água

Uma boa hidratação da pele também tem a ver com um organismo saudável e ajuda a prevenir não só a acne, como também o envelhecimento e o ressecamento da pele do rosto. O ideal é beber pelo menos dois litros de água por dia. Mesmo nos dias frios, esse é um hábito importante.

Não abuse dos cosméticos

Os cosméticos antiacne podem ser ótimas opções para te ajudar a controlar o problema. No entanto, sobrecarregar o rosto com vários deles pode piorar o problema. A pele precisa respirar. Se estiver confusa com tanta oferta, vale consultar um dermatologista e ver o que ele indica para o seu caso.

Cuide da alimentação

O que você come também influencia na oleosidade e na aparência da sua pele em geral. Evite consumir alimentos industrializados e gordurosos e aposte naquele prato colorido, cheio de vitaminas e antioxidantes.