Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

5 sinais de que está na hora de você trocar de banco!

Ter uma boa relação com dinheiro depende também do banco que você tem, portanto, é crucial olhar para ela

Muitas vezes as pessoas não estão satisfeitas com seus bancos ou instituições e começam a pesquisar sobre portabilidade previdência empresarial, portabilidade de salário, de crédito e de tantas outras.

Mas será que existe um momento certo para trocar de banco assim como existe para trocar de carro ou de eletroeletrônicos, por exemplo? Diversos fatores são importantes de serem observados com sua instituição e, para te ajudar, reunimos 5 sinais de que você precisa ter atenção!

1. As taxas do banco são muito altas

É natural que existam taxas e cobranças de acordo com seu uso no banco, mas você já sentiu como se estivesse deixando grande parte do seu dinheiro para a instituição? Se esse é o seu caso, é hora de rever o que está sendo pago, conferir com outros locais, comparar os preços dos serviços prestados e escolher o que realmente faz sentido para seu bolso.

Ter dinheiro no banco, seja guardado ou investido, é muito importante, mas é preciso ter atenção para que as taxas não comam grande parcela de seu orçamento.

2. Não há transparência nos serviços

Além do problema de altas taxas, muitas vezes não existe transparência entre serviço bancário e cliente e esse é um sinal de alerta. Se você vê taxas e cobranças sendo cobradas, mas não entende sobre elas, é preciso repensar a relação com o local.

Diversas vezes as pessoas assinam contratos e não se atentam às famosas “letras miúdas”. É dever do cliente ler o contrato e entender tudo o que foi oferecido, assim como é dever do banco deixar tudo esclarecido e não realizar transações e cobranças não previstas nesse documento.

3. O atendimento é ruim

O atendimento é um grande problema que gera dor de cabeça para os clientes em suas relações com os bancos. Ninguém quer mais ficar horas e horas na fila de um banco ou no telefone para encontrar informações, não é mesmo?

Se o seu banco não se modernizou e não prioriza o atendimento, talvez seja hora de mudar de instituição. As transações financeiras ganham, cada dia mais, facilidades e agilidade e é preciso que os bancos sigam junto com todas as atualizações.

Analise o aplicativo do seu banco, reflita sobre o funcionamento das agências (caso elas existam) e entenda qual é a forma de resolução de problemas com a instituição.

4. Seu cartão não é aceito em muitos lugares

A maioria dos bancos utilizam bandeiras tradicionais e amplamente aceitas nos estabelecimentos, porém, ainda têm aqueles locais que contam com bandeiras menores e não tão aceitas assim.

Isso, muitas vezes, pode ser um problema para o cliente. Imagine ir ao estabelecimento e, só depois de consumir, descobrir que seu cartão não é aceito? É importante ter facilidade com seu dinheiro e se o seu banco não te proporciona isso, hora de mudar!

5. Você precisa de mais serviços

Os bancos cumprem a função de guardar dinheiro e de realizar transações, mas não é só para isso que eles servem e nem todos são capazes de oferecer amplo leque de serviços para o consumidor.

Suponha que você chegou em um momento em que investir e ter uma carteira robusta é sua prioridade. Se o seu banco não te oferece isso, talvez não seja vantajoso ter diversas contas abertas e pagar várias taxas, faz sentido?

Entenda o seu planejamento financeiro, saiba seus objetivos e escolha instituições que caminhem junto a eles.

Se você notar algum desses problemas em sua relação atual com seu banco, é importante refletir sobre essa troca entre você e a instituição. Antes de encerrar a conta de fato, vale a pena conversar com o banco, expor suas insatisfações e buscar por negociações e planos que talvez façam sentido para seu negócio.

Caso não seja possível negociar, busque portabilidades, pesquise taxas, vantagens e desvantagens e não hesite em fazer a troca. Lembre-se que o banco precisa ser um parceiro para sua vida financeira e não uma dor de cabeça!