SB24Horas

Notícia na hora certa!

5 dicas para usar o décimo terceiro da melhor forma!

O 13º salário é um pagamento muito esperado pelos colaboradores e é importante ter planejamento para esse dinheiro

Durante o ano muitos são os objetivos dos salários, desde pagamento das contas, investimentos como previdência empresarial, compras e realização de objetivos e com o final do ano se aproximando vem com ele o décimo terceiro salário.

Essa é uma renda que os profissionais esperam em seus últimos meses de trabalho no ano e é importante se programar para usar esse dinheiro da melhor forma possível. Para te ajudar nessa divisão de seu dinheiro, reunimos algumas dicas de como usar seu salário, confira!

1. Quite suas dívidas

Quem está no vermelho ou tem dívidas que precisam ser quitadas, é importante usar o décimo terceiro salário para este fim para iniciar o próximo ano mais tranquilo.

Faça suas contas, liste o que você deve e onde deve e busque quitar todas as dívidas possíveis. Comece por aquelas que cobram juros mais altos, como cartão de crédito e cheque especial. É interessante buscar a negociação e buscar descontos para ajudar no valor.

2. Guarde para o início do ano seguinte

No início do ano estão concentradas as principais despesas, seja matrículas de escola, IPTU, IPVA, ajustes em diversas taxas e esse é um momento de estar mais tranquilo financeiramente para dar conta de todas as obrigações financeiras.

Portanto, se você não tem dívidas é interessante planejar a entrada do 13º para alocá-lo para os pagamentos futuros. Certamente essa pequena atitude vai te ajudar a iniciar o ano mais tranquilo e organizado financeiramente.

3. Invista em alguma objetivo

O décimo terceiro pode ser a primeira etapa para que você consiga realizar seus planos, seja a curto, médio ou longo prazo. Entenda o que você deseja fazer, seja viajar, casa, mudar de casa, adquirir algum bem e faça com que esse dinheiro trabalhe para seu grande objetivo.

Vale a pena fazer algum investimento que tenha a ver com seu perfil, que ofereça rentabilidade e esteja tempo em que você deseja para que o 13º seja o primeiro passo para essa realização.

É importante lembrar que para seus objetivos financeiros se tornarem realidade é essencial investir em planejamento, definindo metas de quanto precisa poupar até determinado prazo para alcançar aquilo que deseja.

4. Compre presentes de fim de ano

É claro que o 13º não deve ir todo para presentes e gastos supérfluos, mas ele pode ser utilizado para as trocas de presentes ou tradicionais amigos secretos, desde que exista planejamento.

Saiba o quanto é possível gastar sem comprometer o orçamento e reserve para as compras e evite separar mais do que 20% do seu décimo terceiro para isso e sempre priorize seu pagamento de dívidas e necessidades mais urgentes.

5. Faça uma reserva de emergência

Se você não possui dívidas a serem quitadas, é importante utilizar parte do dinheiro para poupar e criar – ou aumentar – sua reserva de emergência. É preciso ter valores guardados, afinal, quem não tem fundos para imprevistos pode ter grandes problemas financeiros em determinado momento da vida.

A reserva de emergência deve ter valor equivalente a, pelo menos, seis meses de despesas mensais. Portanto, colocar parte do 13º vai te ajudar nessa reserva.

O 13º  é um direito do trabalhador que atua como CLT e é muito esperado com o fim do ano. Mais do que receber e gastar sem pensar, é importante se planejar para que esse dinheiro faça diferença a curto, médio ou longo prazo.

Se o trabalhador não optou por receber o adiantamento do 13º nas férias, as empresas devem pagar pelo menos metade do 13º salário entre 1º de fevereiro e 30 de novembro de 2021.

A outra metade deve ser paga, no máximo, até 20 de dezembro. Se o salário do trabalhador tiver sido reajustado depois do pagamento da primeira parcela, ele deve receber a diferença junto com a segunda parcela.

Você já sabe o que fazer com sua parcela desse salário? Aproveite nossas dicas e faça seu dinheiro trabalhar para você!