Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

4 cuidados com as mãos para quem usa álcool gel

Como evitar o ressecamento das mãos causado pelo uso frequente do álcool gel.

Com a pandemia do coronavírus, muitos hábitos foram adquiridos por grande parte da população, entre eles, o uso diário do álcool gel nas mãos. O ato de higienizar as mãos já é automático, sendo incorporado na rotina.

 

Seja aquele álcool que você carrega pelos lugares, ou então aquele oferecido nos estabelecimentos. Em alguns momentos, você pode até se deparar com um que não goste muito da textura ou que incomode e irrite a sua pele. E com esse hábito, uma nova consequência: o ressecamento das mãos.

 

Além de incomodar, o ressecamento pode levar ao envelhecimento precoce da área e ainda causar algumas irritações pontuais. Manter a saúde das mãos em dia é um autocuidado tão importante quanto em qualquer outra parte do corpo. Confira abaixo quatro dicas para evitar que o ressecamento das mãos se torne uma preocupação no seu dia a dia.

A escolha do álcool

Antes de mais nada, lembre-se que o seu álcool deve ser o de 70%. É muito importante se atentar a isso, muitos produtos não são adequados. Seja por não serem de 70% ou por não estarem de acordo com as normas que regulamentam a eficácia.

 

Ele é o mais eficaz na limpeza da pele e de superfícies em geral. Isso porque na formulação, a concentração de água é maior que em outros. Dessa forma a água aumenta o tempo de evaporação do produto da pele, garantindo que ele entre em contato com os microorganismos vivos como vírus e bactérias e os elimine com maior. Ao contrário de outros tipos de álcool, que apenas desidratam os microorganismos.

 

A partir disso, opte por produtos que tenham ingredientes hidratantes na formulação, como aloe vera, por exemplo. Se ficar na dúvida se o seu álcool em gel é confiável, procure pelo produto no site oficial da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa.

 

Sabonetes hidratantes

A escolha do sabonete que você usa nas mãos também pode influenciar. Assim como o álcool, prefira sabonetes que tenham ingredientes hidratantes e nutrientes.

 

Sabonetes líquidos também costumam ser menos irritantes para a pele do que os de barra. Isso porque os de barra possuem mais ingredientes para obter a textura sólida. Tanto para o banho quanto apenas para a lavagem das mãos, o sabonete líquido pode ser a melhor opção para a manutenção da saúde da sua pele.

Esfoliação

A esfoliação é uma manutenção da pele. Assim como em outras partes do corpo. Nas mãos se faz ainda mais necessário, já que as utilizamos bastante durante o dia. Faça uma esfoliação semanal ou a cada quinze dias, dependendo da sua necessidade.

 

A esfoliação remove as células mortas e ajuda a pele das mãos a aderir melhor os ingredientes dos produtos utilizados. Além de promover uma renovação celular, ou seja, o surgimento de células novas que irão ajudar a garantir a hidratação natural da sua pele.

Hidratação

E por último, mas não menos importante, uma boa hidratação. Faça com que a hidratação se torne parte da sua rotina. Opte por cremes emolientes e com ingredientes hidratantes. Sempre que for lavar as mãos, utilize um creme hidratante logo em seguida. Leve com você versões em miniatura na bolsa ou na mochila para utilizar quando estiver na rua.

 

Com o uso contínuo, sua pele vai se recuperando com mais rapidez e criando uma camada natural protetora. Consulte o seu dermatologista para tirar todas as suas dúvidas e entender qual é o seu tipo de pele e que tipo de hidratação é mais adequada.

 

Com o tempo, esses hábitos também se tornarão parte da sua rotina e a sua pele voltará a ter viço e hidratação natural regulados.