Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Vôlei Renata bate Caramuru e fecha 2017 com vitória no Taquaral

Foto: Marcos Ribolli/ Vôlei Renata

Foto: Marcos Ribolli/ Vôlei Renata

O Vôlei Renata encerrou 2017 com o pé direito. Ao lado de sua torcida, no Ginásio do Taquaral, em Campinas, os comandados do técnico Horacio Dileo derrotaram Ponta Grossa/Caramuru, por 3 a 0 (25/21; 25/21 e 25/22), na abertura do returno da Superliga Masculina. O ponteiro Renan foi eleito o melhor em quadra e levou o troféu Viva/Vôlei.

“Tivemos consistência durante o jogo, no saque, na virada de bola e conseguimos alcançar esta vitória. Termino o ano bastante satisfeito e tranquilo em saber que começaremos ano que vem no caminho certo”, comentou o técnico Horacio Dileo. Os campineiros seguem na zona de classificação às quartas da Supeliga com 17 pontos.

O Vôlei Renata faz uma pequena pausa para as festas de final de ano e volta a jogar contra o Sada/Cruzeiro, no dia 09 de janeiro (quinta-feira), pela primeira fase da Copa do Brasil. Na Superliga, o próximo adversário será o Lebes/Canoas, no dia 13, no Rio Grande do Sul.

O JOGO – Apoiado pela torcida, o Vôlei Renata começou concentrado e em bloqueio de Vini logo abriu vantagem (3 a 0). Firme no saque e usando a velocidade pela ponta com Diogo e Renan, que combinaram para nove pontos de ataque, os campineiros não tiveram problemas para controlar o primeiro set. Na reta final, Diogo anotou belo ponto de bloqueio e os donos da casa fizeram 25 a 21 após erro de saque do adversário.

O segundo set foi mais equilibrado. Os visitantes cresceram e chegaram a ficar na frente do placar, abrindo dois pontos de vantagem (13 a 11). Em passagem de Salsa pelo saque, no entanto, o Vôlei Renata retomou o controle da partida. Com direito a dois aces do central e contra-ataques, os campineiros passaram na frente (15 a 13). Com a vantagem, o time da casa manteve a consistência na virada de bola e não teve problemas para abrir 2 a 0: 25 a 21.

No terceiro set, o Vôlei Renata teve que buscar forças no saque de Diogo para garantir a vitória. Os paranaenses entraram dispostos a dificultar o duelo e chegaram a abrir até quatro pontos de vantagem no decorrer da parcial (18 a 14). Já na reta final da parcial, o camisa 7 campineiro foi para o saque e os donos da casa engataram uma boa sequência, com ace, bloqueio de Vini e uma série de erros do adversário. Desta forma, passaram na frente do placar (23 a 20). Em ataque de Renan, eleito o melhor em quadra, os donos da casa fizeram 25 a 22 e fecharam o duelo por 3 a 0.

VÔLEI RENATA
Rodriguinho, Vissotto, Diogo, Renan, Salsa, Vini e Facundo Santucci (líbero). Técnico – Horacio Dileo.
Entraram: Matheus e Krauchuk

Comentários

Dennis Moraes