Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Virada Cultural: programação deste domingo na Estação contará com sertanejo, samba, capoeira e maracatu


A manhã do domingo (31), na Estação Cultural, durante a Virada Cultural Paulista 2015, em Santa Bárbara d’Oeste, contará com apresentações da Corporação Musical União Barbarense, às 7 horas; Orquestra Barbarense de Violas, às 9 horas, e Associação de Capoeira Motta e Cultura Afro, a partir das 10h30. Após essas apresentações será a vez do samba com Arte Nativa, às 11h30; Clube do Samba, com Adilson do Cavaco, às 12h30; e Baque de Santa, às 14 horas. A Estação Cultural está localizada na Avenida Tiradentes, 2, Centro.

 

A Virada Cultural Paulista é realizada pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo em parceria com a Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste, a Fundação Romi, o SESC-SP e o MIS – Museu da Imagem e do Som. Ao todo, a Virada 2015 contará com 40 atrações de diversas expressões artísticas divididas em cinco diferentes pontos da cidade: Estação Cultural, Centro Social Urbano, Teatro Municipal Manoel Lyra, Museu da Imigração e Biblioteca Pública Municipal (Central).

 

Confira o currículo dos grupos artísticos:

 

CORPORAÇÃO MUSICAL UNIÃO BARBARENSE

 

A Corporação Musical União Barbarense foi fundada em 1º de maio de 1898 e está situada a rua sede à Rua Santa Bárbara, e tem como presidente José Lopes Teixeira Sobrinho. Os músicos da corporação desenvolvem trabalho voluntário, contabilizando 25 músicos. O repertório é composto por dobrado oficial, marchas, samba, bolero, valsa e choro. A União Barbarense completou 117 anos de atividade ininterrupta.

 

ORQUESTRA BARBARENSE DE VIOLAS

 

Com dois CDs gravados e um DVD, o grupo é constituído por violas e violões, além de outros instrumentos que compõem a orquestra, como contrabaixo, percussão e teclado, e tem como Regente Eberson Aparecido Ferraz (Binho). Para apresentação na Virada Cultural 2015 contará com a participação especial dos alunos do “Aprendendo Viola Caipira”, projeto que procura formar ouvintes conscientes da importância em preservar a cultura regional e contribuir para a formação e continuidade do próprio grupo.

 

ASSOCIAÇÃO DE CAPOEIRA MOTTA

 

A Associação apresentará uma roda capoeira com muita dança e percussão, mostrando ao público movimentos e sons típicos de cada ritmo, além dos símbolos da cultura diversificada que existe no Brasil. Segundo o grupo, depois de ter sofrido preconceitos no passado, a prática da capoeira foi reconhecida, em 2008, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e pelo Ministério da Cultural como patrimônio imaterial da Cultura Brasileira, assim como o samba de roda, o frevo e o bumba-meu-boi, do Maranhão.

 

ARTE NATIVA

 

Formado em 2010 o grupo é composto por cinco músicos sendo violão, cavaco, surdo, pandeiro, percussão e vocal. O repertório inclui o samba raiz e clássico da MPB. As apresentações são realizadas em eventos, festas e em casas noturnas da região de Campinas.

 

CLUBE DO SAMBA – ADILSON DO CAVACO

 

O grupo nasceu em São Paulo em meados dos anos 80 com o objetivo de divulgar a verdadeira MPB, em especial o samba raiz, levando junto à população canções de grandes compositores e intérpretes brasileiros.

 

BAQUE DE SANTA

 

O grupo fará, nesta edição, um cortejo até o CSU (Centro Social Urbano), mostrando uma relação de vivência e aprendizado das culturas brasileiras tendo maracatu de Baque Virado como ponto de início de um movimento em prol da miscigenação cultural. A percussão do Baque de Santa é baseada em tambores grandes, chamados alfaias, acompanhados de caixas de guerra, taróis, ganzás, agbês e gonguê.

 

SERVIÇO – Acompanhe mais notícias da Virada Cultural Paulista 2015 em Santa Bárbara d’Oeste nas redes sociais:

Facebook: www.facebook.com/viradaculturalsb

Twitter: https://twitter.com/Prefeiturasbo

Instagram: https://instagram.com/virada_sb.

As músicas das atrações principais podem ser conferidas no Rdio pelo link: http://bit.ly/RadioVCPSB2015

 

Foto: Divulgação

 

Assessoria de Imprensa

Comentários

Dennis Moraes