Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Vereadores acompanham audiência pública para apresentação da LDO


O presidente da Câmara barbarense, Edison Carlos Bortolucci Júnior, o Juca (PSDB), e os vereadores Antonio Pereira (PT), Felipe Sanches (PSC), Giovanni Bonfim (PDT) e Gustavo Bagnoli (PSDB) acompanharam, hoje (14), na Sala Cinza da Secretaria de Educação, a audiência pública para apresentação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2016. Essa audiência atende as disposições do artigo 48, parágrafo único, da Lei Complementar 101/2000 e do artigo 44 da Lei Federal 10.257/2001.

 

A LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) para o exercício financeiro de 2016, em Santa Bárbara d’Oeste, deve ser protocolada amanhã (15) na Câmara. A informação é da secretária de Fazenda Raquel Campagnol. A audiência pública para apresentação dos números aconteceu na manhã desta quinta-feira (14), e traz como receita total R$ 508.948.000,00.

De acordo com os números apresentados pela secretária de Fazenda, Raquel Campagnol, a LDO projeta para 2016 apresenta despesa da Prefeitura, R$ 374.887.000,00; na despesa do DAE (Departamento de Água e Esgoto), R$ 118.061,000,00 e despesa da Câmara, R$ 16.000.000,00. “Na LDO nós apresentamos as metas e as previsões, com principais investimentos na Educação, com a conclusão de CIEP, construção de creches e equipamentos para as unidades; parte importante de infraestrutura que trata da drenagem do córrego do Ribeirão dos Toledos e revitalização da avenida Corifeu de Azevedo Marques e um valor de investimento para Saúde”, comentou a secretária.

O Presidente da Câmara Juca Bortolucci aproveitou para entregar a secretária documento solicitando inclusão de verba de R$ 200 mil para investimento de benfeitorias na reforma de vestiário e construção de arquibancada em campo de futebol no jardim Alfa e também verba de R$ 100 mil para realização de melhorias na iluminação da praça Bellani, no Jardim Dulce.

A LDO é uma das três peças orçamentárias e seu principal objetivo é orientar a elaboração do orçamento anual, buscando sincronizar a lei orçamentária com os objetivos e metas da administração pública. As outras duas são o Plano Plurianual (PPA) e Lei Orçamentária Anual (LOA). O projeto de lei será enviado à Câmara Municipal ainda esta semana para apreciação dos vereadores.

Comentários

Dennis Moraes