Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Vereadora Nathália Camargo propõe regras para implantação do conceito de “Cidades Inteligentes” no município

Nathália Camargo (Avante)

A vereadora Nathália Camargo (Avante) protocolou na secretaria da Câmara Municipal de Americana um projeto de lei que estabelece os princípios para implantação do conceito de Cidades Inteligentes (Smart Cities) em Americana. A proposta define regras para a implantação de equipamentos, dispositivos e infraestrutura para adaptar o município ao modelo que busca otimização de recursos para servir à população.

 

O projeto estipula que devem ser respeitados princípios como o desenvolvimento coletivo em detrimento dos interesses individuais, o crescimento equilibrado do território e o equilíbrio da oferta de infraestrutura e de serviços sociais com garantia de acesso a todos os cidadãos.

 

O texto destaca ainda que entre os objetivos do projeto estão estimular o desenvolvimento colaborativo entre sociedade, empresas investidoras e o município; fomentar investimentos externos, o empreendedorismo e a prosperidade econômica da cidade; estimular o desenvolvimento de tecnologias para erradicar a pobreza e a marginalização; e reduzir as desigualdades sociais.

 

“São grandes os desafios das cidades, especialmente naquelas com alta densidade demográfica, na busca de qualidade de vida das pessoas. Os gestores modernos precisam de instrumentos, métodos e processos tecnológicos para a construção de cidade humanas, inteligentes, criativas e sustentáveis”, afirma Nathália na justificativa do projeto. “O conceito de Cidade Inteligente não se restringe a uma cidade que possua equipamentos espalhados pela sua área, mas que estende suas ações para o estímulo ao uso de recursos de maneira inteligente, criativa e sustentável”, completa.

 

O projeto de lei será encaminhado às comissões pertinentes e, não havendo impedimento legal para sua tramitação, será discutido e votado pelos vereadores, em plenário, durante sessão ordinária.