Política Santa Bárbara d´Oeste 

Vereador questiona Diretoria Regional de Ensino sobre número de escolas que oferecem Educação de Jovens e Adultos

O vereador José Luis Fornasari, o Joi (SD), protocolou, ontem (6), requerimento de informações à Diretoria Regional de Ensino referente às unidades de ensino que oferecem Educação de Jovens e Adultos (EJA) em Santa Bárbara d’Oeste. Na semana passada, devido à impossibilidade de uma cadeirante frequentar esse curso na Escola Estadual José Gabriel de Oliveira, o parlamentar apresentou moção de apelo ao governo estadual por obras de acessibilidade na referida escola.

Depois do apelo, o parlamentar afirma ter sido surpreendido por reportagem publicada no Diário de Santa Bárbara, segundo a qual a Diretoria Regional de Ensino teria informado que o prédio da Escola Estadual José Gabriel de Oliveira é tombado pelo patrimônio histórico, o que limita intervenções em sua estrutura física. Além disso, conforme informações dessa diretoria regional, a rede estadual conta com uma unidade próxima, totalmente acessível.

“O Museu da Imigração também é tombado pelo patrimônio histórico e recentemente sofreu interferências para atender à lei de acessibilidade, e até onde fui informado, a escola próxima citada pela diretoria não atende alunos do EJA”, afirmou Joi, antes de apresentar seus questionamentos. No requerimento, ele indaga quantas escolas atendem alunos do EJA no Município, quais os nomes e endereços dessas unidades de ensino e quantas estão aptas a receber alunos com necessidades especiais. O parlamentar também pergunta se os alunos do EJA recebem merenda escolar ou algum tipo de auxílio-transporte. Por fim, ele questiona o número de alunos matriculados no EJA no Município e, desse total, quantos possuem necessidades especiais.

 

Comentários

Leia também...