24Horas RMC 

Uso de carro e moto supera transporte coletivo na RMC

carros_congestionamento-310x180

Carros e motos representam 44% dos deslocamentos na Região Metropolitana de Campinas. A porcentagem supera a de viagens com utilização do transporte coletivo, que ficou em 34,4%. Os números são da Pesquisa de Origem-Destino da Região Metropolitana de Campinas, divulgada nesta segunda-feira pelo Secretário de Estado dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes. Para o Secretário, é evidente a necessidade de políticas públicas que incentivem o transporte coletivo. No entanto, considera que o alto incentivo para compra de carros e motos, dificulta projetos nesse sentido.

A pesquisa, que tem por objetivo conhecer o padrão de deslocamento da população dos 19 municípios que compõem a RMC, para fornecer informações para formulação de politicas públicas, foi apresentada durante a reunião do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Campinas. Na ocasião, o Secretário aproveitou para reiterar sua intenção de trazer a CPTM à Campinas. E confirmou estar em andamento o projeto de implantação de um trem metropolitano para servir Louveira, Vinhedo, Valinhos e Campinas até Jundiaí. Para isso, o Secretário Jurandir Fernandes quer utilizar a mesma estratégia utilizada para o trem rápido, que vai ligar Jundiaí a São Paulo, com projeto em estágio avançado.

O Secretário quer voltar à região em três meses para uma nova discussão sobre esse projeto. É a segunda vez que o Governo do Estado realiza a Pesquisa de Origem-Destino da Região Metropolitana de Campinas. A primeira foi em 2003.

Fonte: CBN

 

Comentários

Leia também...

Deixe uma resposta