fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Unesp oferece 360 vagas para o Vestibular Meio de Ano 2016

São nove cursos das áreas de exatas e biológicas

A Universidade Estadual Paulista (Unesp) já divulgou o calendário do Vestibular Meio de Ano 2016, com oferta de 360 vagas em 9 cursos das áreas de exatas e biológicas, todas para ingresso em agosto. O período para inscrição com pagamento da taxa integral, no valor de R$ 155,00, será de 11 a 29 de abril. O cadastramento será feito pela página www.vunesp.com.br. O período para pedido de redução de 50% da taxa ou isenção para socioeconomicamente carentes será de 4 a 11 de abril.

Os cursos oferecidos são Agronomia (Ilha Solteira e Registro e as Engenharias Ambiental (Sorocaba), Aeronáutica (São João da Boa Vista), Civil (Ilha Solteira), de Controle e Automação (Sorocaba), de Produção (Bauru), Elétrica (Ilha Solteira) e Mecânica (Ilha Solteira).

A prova da primeira fase, somente com questões de múltipla escolha, será realizada em 15 de maio, um domingo. Os exames são aplicados nas cidades onde há oferta de cursos e ainda em Campinas, Franca, Guaratinguetá, São José do Rio Preto e São Paulo.

A segunda fase, com redação e questões dissertativas, será aplicada nos dias 11 e 12 de junho, sábado e domingo, nas mesmas cidades onde é realizada a primeira fase.

Em 2015, cerca de 3.300 alunos egressos de escolas públicas ingressaram na Unesp. No Vestibular 2016, o Sistema de Reserva de Vagas para a Educação Básica Pública (SRVEBP) garante um mínimo de 35% das vagas de cada curso para alunos que tenham feito todo o ensino médio em escola pública, proporção essa que deve chegar a 50% até o Vestibular 2018. Atualmente, vários cursos da Unesp já tem 50% ou mais de seus alunos vindos da escola pública, mas o SRVEBP garante que isso se dê em todos os cursos de graduação que a universidade oferece.

Os alunos ingressantes vindos de escolas públicas e/ou de baixa renda podem contar com os inúmeros programas de apoio à permanência estudantil: moradia estudantil, bolsas de auxílio manutenção, dentre outras. Dentre os alunos de escolas da Secretaria da Educação que se inscrevem para o vestibular mediante a senha retirada em suas escolas, os de melhor classificação recebem bolsas válidas para todo o período do curso no qual ingressaram.

Sobre a Unesp
A Unesp, Universidade Estadual Paulista, é uma universidade pública, gratuita, que está entre as maiores e melhores do país. Está presente em 24 cidades do Estado de São Paulo com 34 faculdades e institutos, onde desenvolve atividades de ensino, pesquisa e extensão em todas as áreas do conhecimento. Fundada em 1976, a instituição oferece 185 cursos de graduação e 141 programas de pós-graduação. Tem 50.594 alunos (37.388 na graduação, 13.216 na pós stricto sensu e 992 na parceria entre Unesp e Univesp), 3.880 professores e 7.071 servidores técnico-administrativos. Possui cerca de 1.900 laboratórios. Oferece cursos pré-vestibulares gratuitos em suas unidades, bem como diversos programas de extensão de serviços à comunidade. Três escolas de ensino técnico são mantidas pela Universidade: o Colégio Técnico Industrial em Bauru, o Colégio Técnico Industrial em Guaratinguetá e o Colégio Técnico Agrícola em Jaboticabal.

Há anos a Unesp e a Vunesp, em convênio com a Secretaria da Educação, executam o Programa de Divulgação do Vestibular Unesp e Inclusão dos Melhores Alunos da Escola Pública na Universidade: professores da Unesp vão às escolas públicas conversar com os alunos do Ensino Médio sobre a universidade e seu vestibular. Trata-se de uma atividade extensionista que visa levar para os estudantes informações sobre a universidade, seus cursos, programas de apoio ao aluno ingressante e esclarecer quanto às oportunidades de virem a cursar uma universidade pública, gratuita e de qualidade. Os professores da Unesp vão às escolas acompanhados por alunos da Unesp egressos de escolas públicas, que compartilham com seus colegas do Ensino Médio a experiência no vestibular e a vida na universidade. Durante as visitas, percebe-se que muitos alunos passam a cogitar a continuidade dos estudos na universidade.

 

UNESP Agência de Notícias

Comentários

Dennis Moraes