fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Nova Odessa

Secretaria de Saúde de Nova Odessa desmente fechamento da Unidade Respiratória e suspensão na compra de medicamentos

O secretário de Saúde, Vanderlei Cocato, desmentiu nesta quarta-feira (18) falsas informações sobre o possível fechamento da Unidade Respiratória do Jardim Alvorada, espaço que foi montado na antiga UBS 5 para atender exclusivamente pacientes com casos confirmados ou suspeitos de coronavírus. Cocato, inclusive, gravou um vídeo em frente à UR rebatendo entrevista concedida pelo vereador e prefeito eleito Cláudio José Schooder à uma emissora de rádio da região e garantindo que os moradores seguirão sendo atendidos normalmente.

Na gravação, o secretário de Saúde pede que a população tenha cuidado com as “fake news” que estão sendo veiculadas nas redes sociais dizendo, por exemplo, que a prefeitura suspendeu a compra de medicamentos e insumos básicos para criar um “caos” na rede municipal. “Assim como é falsa a informação de que vamos fechar a Unidade Respiratória do Jardim Alvorada, é falsa a informação de que estamos deixando de comprar medicamentos para a Farmácia Central e insumos para a rede municipal de saúde para “prejudicar” o próximo governo. Seria de uma irresponsabilidade muito grande algo desse tipo e jamais o prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza compactuaria com uma situação dessa, e nem eu! Nós vamos entregar, não apenas a Secretaria de Saúde, mas toda a Prefeitura de Nova Odessa, em ordem”, afirmou Cocato.

O secretário de Saúde ressaltou ainda que o número de novos casos de Covid-19 entre segunda (16) e quarta-feira (18) já é maior em relação aos total de casos registrados na semana anterior (36 contra 33). Nova Odessa contabiliza 1.146 casos confirmados e 50 mortes provocadas pelo novo coronavírus.

A Unidade Respiratória do Jardim Alvorada começou a funcionar em abril para concentrar o fluxo de usuários do SUS (Sistema Único de Saúde) com suspeita e contaminação pelo novo coronavírus e também atende pacientes com quadros de doenças respiratórias como asma, bronquite, sinusite, gripes e resfriados. De lá para cá, fez mais de 8,5 mil atendimentos, 242 internações, 691 exames e mais de 150 transferências.

RPA. Cocato também explicou a situação dos servidores que atuam sob o regime de RPA (Regime de Pagamento Autônomo) e que, por determinação da Justiça do Trabalho – face às representações feitas pelo Sindicato dos Servidores Públicos e por vereadores da oposição -, serão substituídos por servidores concursados. “Já vamos lançar, nos próximos dias, o edital de convocação dos aprovados no concurso público para funções que vinham sendo preenchidas pelos RPA’s. Vamos cumprir o que foi determinado pela Justiça, porém, sem que isso provoque qualquer prejuízo no atendimento à população. Aliás, essa é mais uma mentira que vem sendo espalhada. Os serviços serão mantidos normalmente e a nossa população não será prejudicada, pois vamos apenas substituir os RPA’s por concursados, assim como determinou a Justiça, dentro do cronograma estabelecido pela Secretaria de Administração”, explicou Cocato.

Veja a declaração do secretário de Saúde, Vanderlei Cocato: https://www.facebook.com/watch/?v=2876618819237137

Comentários