fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

24horas Região

Rodovia dos Bandeirantes completa 42 anos

A Rodovia dos Bandeirantes (SP-348) completou nesta quarta-feira, 28 de outubro, 42 anos da inauguração do trecho entre São Paulo e Campinas. Foto noturna do início do trecho da SP-348, na Capital, mostra detalhes da sinalização horizontal (faixas e tachas refletivas), recentemente revitalizada entre São Paulo e Jundiaí, pela CCR AutoBAn, concessionária que administra a rodovia por meio do Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo desde 1º de maio de 1998. Neste período, a CCR AutoBAn já investiu R$ 3,4 bi (base: julho/2020) em obras e melhorias na SP-348. A Rodovia dos Bandeirantes, em conjunto com a Via Anhanguera (SP-330), forma o Sistema Anhanguera-Bandeirantes, importante eixo rodoviário responsável por ligar a Capital às regiões de Jundiaí, Campinas e ao norte do Estado de São Paulo.  A Rodovia dos Bandeirantes foi construída em 26 meses – de 11 de agosto de 1976 a 28 de outubro de 1978 – a partir do conceito de autoestrada, com geometria, ângulo de curvas e traçado que favorecem o tráfego de longa distância com conforto, fluidez e segurança.

Clóvis Ferreira/Digna Imagem

Sobre a CCR AutoBAn: CCR AutoBAn é responsável, desde 1º de maio de 1998, pela administração do Sistema Anhanguera-Bandeirantes. A concessionária gerencia 316,8 quilômetros de rodovias, compreendendo a SP-330 (Via Anhanguera), de São Paulo a Cordeirópolis, com extensão de 147,04 quilômetros; a SP 348 (Rodovia dos Bandeirantes), de São Paulo a Cordeirópolis, com 159,67 quilômetros de extensão; a SP-300 (Rodovia Dom Gabriel Paulino Bueno Couto), com extensão de 2,6 quilômetros e a interligação SPI-102/330 (Rodovia Adalberto Panzan), com extensão de 7,44 quilômetros. Foi a quinta concessionária a integrar o Grupo CCR.

Sobre o Grupo CCR: Fundado em 1999, o Grupo CCR é atualmente uma das cinco maiores companhias de concessão de infraestrutura da América Latina e considerada a líder do segmento no Brasil, com a gestão de 18,4% do total de rodovias sob controle da iniciativa privada. Tendo o pioneirismo e a inovação como marcas, a CCR criou em 2018 quatro empresas independentes, que agrupam as unidades de negócios por temas afins, e são as responsáveis pela gestão da companhia e por desenvolver e pesquisar novas oportunidades no mercado primário e secundário, dentro e fora do Brasil. São elas: CCR Lam Vias, CCR Infra SP, CCR Aeroportos e CCR Mobilidade. Nessa reestruturação, como forma de atualizar e melhorar a estrutura de Governança, processos decisórios e os mecanismos de controle, foram criadas as vice-presidências de Gestão Corporativa e de Governança, Compliance e Auditoria Interna, em linha direta de reporte ao Conselho de Administração. O Grupo conta com as práticas de Governança Corporativa reconhecidas no mercado, atendendo regras do Novo Mercado da B3 (a CCR foi a primeira empresa ingressar nesta categoria). Além do Brasil, a CCR está presente, por meio de suas unidades, nos EUA, Curaçao, Equador e Costa Rica. Com mais de 15 mil colaboradores, a CCR se orgulha em contribuir, diariamente, para uma sociedade com mais infraestrutura, segurança, conforto e qualidade de vida para milhões de cidadãos mundo afora.

Comentários