fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Quais são os aplicativos mais utilizados pelos brasileiros?

Redes sociais, setor alimentício e bancos são alguns deles. Veja como os aplicativos impactam a vida dos cidadãos, fornecendo agilidade e praticidade para o dia a dia.

 

No Brasil, os números revelam o sucesso do mercado de telefonia móvel. Há mais de um smartphone ativo por habitante no país, segundo dados da Fundação Getúlio Vargas, por exemplo. O aparelho tem diversas funções: pode ser usado para trabalhar, fazer compras e interagir com outras pessoas que estão longe.

 

Esse cenário foi essencial para o desenvolvimento do comércio on-line, que está cada dia mais solidificado e já é um hábito do brasileiro. Os aplicativos facilitam a vida do cidadão e oferecem uma variedade de serviços. Conheça as opções mais populares no país.

1. Mensagens instantâneas

Enquanto, em alguns países, ainda é muito comum conversar por SMS, o canal mais utilizado pelos brasileiros é o de aplicativos de mensagens instantâneas. Eles são práticos, intuitivos e facilitam a comunicação diária entre as pessoas. Além disso, costumam ser gratuitos, motivo principal do sucesso dessa modalidade.

 

Vale lembrar que os aplicativos de mensagens instantâneas sempre marcam presença nas listas de mais baixados. Eles se atualizam constantemente, oferecendo mais opções de interação, como as videochamadas, por isso seguem em alta.

2. Mobilidade

Os aplicativos que facilitam a mobilidade já fazem parte da rotina do brasileiro, principalmente, daqueles que vivem em grandes cidades. Pedir um carro para uma corrida, seja ela rápida ou demorada, virou um hábito. O serviço oferece praticidade, segurança e preço justo.

 

Por serem tão comuns, é até difícil imaginar os anos anteriores, quando não havia essa facilidade. Além do cidadão comum, as empresas adotaram essa prática rapidamente. Assim, é mais fácil e barato chegar em reuniões fora do escritório. Para completar, ainda é possível se preparar ao longo do caminho.

3. Alimentação

Outra opção que faz sucesso e marca presença na maioria dos smartphones são os aplicativos do setor de alimentação. Pedir aquele prato do seu restaurante preferido nunca foi tão fácil. Além disso, esse serviço oferece diversas opções de estabelecimentos e tipos de comida.

 

Os filtros inteligentes de preço e localização ajudam a fazer a melhor escolha, encontrando um pedido que chegará rápido e com o melhor custo-benefício. Agora, ninguém mais passa vontade: basta pedir o prato e recebê-lo em casa ou no trabalho. Outra vantagem é a possibilidade de comprar refeições fora do horário tradicional.

4. Videoconferência

Programas de videoconferência não são uma novidade, e existem algumas versões para computadores. Entretanto, com o isolamento social imposto para conter a pandemia do coronavírus, esses aplicativos passaram a ser muito requisitados.

 

Entre as opções, destacaram-se aquelas que permitem um número maior de pessoas durante a chamada. Isso porque o serviço não é utilizado apenas para o entretenimento e conversas com familiares. O mercado de trabalho precisou se reinventar, e as videochamadas facilitam as reuniões.

5. Redes sociais

Não tem como falar sobre os aplicativos mais baixados no Brasil e não citar as redes sociais. Algumas opções destacam-se pelo compartilhamento de fotos e vídeos. Essa é uma boa maneira de passar o tempo e compartilhar algumas informações.

 

Não há dúvidas: os brasileiros são a maioria em diversos aplicativos e costumam dedicar muitas horas do dia nesses serviços. Por isso, as redes sociais seguem firme na lista de mais baixados no Brasil, e a tendência é que permaneçam lá por um bom tempo.

6. Bancos

Além das opções de entretenimento, os aplicativos dos bancos aumentaram expressivamente a sua relevância. Hoje, eles são mais completos e eficientes. As opções de serviços cresceram, o que facilita a vida do brasileiro. Dessa forma, as visitas presenciais às instituições financeiras não precisam ser constantes.

 

Diversas transações podem ser realizadas, assim como o pagamento de contas, as transferências e as aplicações financeiras. Também é possível acompanhar a movimentação na conta corrente, tornando o controle de gastos mais fácil.

Comentários