Prometeu e não cumpriu

Nícholas Bié fez oque o Superintendente do DAE pediu e não recebeu resposta até o momento

 

Na Reunião Ordinária do dia 25 de fevereiro de 2014 o Superintendente Interino do DAE Sr. Roberto Corlatti prometeu ao cidadão Nícholas Bié cópias das planilhas de cálculo e composição de preções para execução de uma série de serviços á população da cidade.

 

Veja o vídeo do momento do pedido:

Ao não obter resposta nenhuma até o momento, Bié se pronunciou em nota:

 

NOTA DE COBRANÇA

ENGENHEIRO ROBERTO CORLATTI – SUPERINTENDENTE DO DAE-SBO

Em sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Santa Bárbara d‘Oeste, de 25 de Fevereiro de 2013, o Sr° Superintendente do Departamento de Água e Esgoto DAE de Santa Bárbara d’Oeste, Eng° Roberto Corlatti, assumiu compromisso público com este cidadão, em frente aos 19 vereadores deste município, presentes na seção, na frente do Secretário de Governo Sr° Rodrigo Maiello, também presente na seção camarária e na presença de mais munícipes, em fornecer as planilhas de cálculo e composição de preções para execução de uma série de serviços á população de nossa cidade, caso fosse protocolado pedido.

No dia seguinte, foi registrado protocolo formal no DAE/SBO, sob n° 000542/2014, e em acordo com a LEI ORGÂNICA DO MUNICÍPIO, deveria ser respondido adequadamente em 15 dias. Nisso faz-se o fim do prazo, implícito na Lei Municipal nesta data, 12 de Março de 2013, e o sr° Eng° Roberto Corlatti, NÃO CUMPRIU COM SUA PALAVRA PÚBLICA e não deu certeza de data para entrega do documento que ele mesmo se prontificou a realizar publicamente.

Como cidadão, quero perguntar publicamente, já que publicamente assumiu compromisso com o povo desta cidade e publicamente não o cumpriu, se sr° Eng° Corlatti, tem o mesmo respeito pelos cidadãos desta cidade, onde trabalha, como certamente tem pelos cidadãos da cidade que ele reside?

Eng° Corlatti, não me ilustra o mesmo respeito por Santa Bárbara d’Oeste, pois o sr° deixou de honrar sua palavra, dita como o sr° mesmo colocou de um Eng° de 48 anos de profissão, para um recente profissional de engenharia como o sr°, fato que o sr/ mesmo me disse.

Eng° Roberto Corlatti, responda ao povo de nossa cidade, que paga pelos serviços que o sr° administra, qual o motivo da relutância em demostrar os cálculos que o sr° dispõe, para esse jovem profissional? Quero lembrar ao sr° Eng° Corlatti, que errar é parte da vida, e na experiência que o sr° certamente dispões já errou muito, como todos certamente vamos errar, mas quero pedir ao sr° que reflita sobre esse equívoco, casa ele exista, é mais digno aceitar e reconhecer o erro, concertando e se redimindo, ao simplesmente ignorar fatos e desdenhar de quem busca por respostas.

Eng° Corlatti, ainda aguardo a resposta do requerimento 000542/2014, feito conforme sua orientação pública, e sobre o seu compromisso público!

Att:

Nícholas Bié

#ACORDASBO!!!

 

Comentários

Notícias relacionadas