Prefeitura finaliza transplante de árvores no Parque dos Jacarandás


A Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste, por meio das secretarias de Meio Ambiente e Obras e Serviços, com apoio do DAE (Departamento de Água e Esgoto), finalizou o transplante de várias árvores no Parque dos Jacarandás, no Mollon, provenientes da Praça João XXIII, na área central, e da Avenida Corifeu de Azevedo Marques, no Jardim Belo Horizonte. Entre elas, 19 palmeiras medindo mais de 20 metros de altura e pesando 13 toneladas cada.

 

O prefeito Denis Andia ressaltou que o intuito é assegurar melhor paisagismo e atração da fauna. Segundo o chefe do Executivo, o local recebeu plantio de novas mudas, totalizando cerca de 350 árvores de diversas espécies. “Esse governo tem a responsabilidade com os princípios ambientais. Plantamos 15 mil árvores em dois anos e meio. E agora, ao longo de seis dias, a população pode acompanhar o transplante das árvores que foi executado com muito profissionalismo pelos servidores da Secretaria de Meio Ambiente”, comentou o prefeito.

 

Para que esse transplante aconteça de forma efetiva, há um procedimento que precisa ser seguido, como explica o secretário de Meio Ambiente, Cleber Canteiro. “Após avaliar a saúde da árvore, é feita a sangria em volta dela, realizando um torrão para acomodar suas raízes de forma eficaz. Em seguida, as equipes realizam a extração e transporte da espécie com auxílio de máquinas. O novo local recebe escavação e nivelamento, deixando a árvore mais reta possível”, explicou. Segundo o secretário, após a colocação das palmeiras, ou outras árvores, nos quadros, as espécies recebem cordas para sua estabilização.

 

O parque

 

As obras do Parque dos Jacarandás seguem em ritmo acelerado. Localizado em uma área de 56 mil metros quadrados entre as ruas José Jorge Patrício, do Estanho e do Césio, no projeto preparado pela Prefeitura, consta um lago artificial, pista de caminhada, equipamentos esportivos, academia ao ar livre, playground, espaço de eventos, pista de bicicross, área de estacionamento, área de convívio, bosque, sanitários entre outras estruturas.

 

Foto: Eduardo Deffanti

 

Assessoria de Imprensa

 

Comentários

Notícias relacionadas