fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Prefeitura de Sumaré realiza nebulização contra dengue no Jardim Consteca

Sumaré segue trabalhando no combate à dengue. As equipes da Secretaria Municipal de Saúde iniciam nesta quarta-feira (18) as ações de bloqueio com aplicação de inseticida no Jardim Consteca, região central, e depois seguem para o Jardim Jardim Vaughan. O fumacê tem sido realizado em bairros com mais casos suspeitos da doença. Esse bloqueio é muito importante para interromper a transmissão da dengue. Porém, é imprescindível a população cuidar do quintal, eliminando os criadouros. Pois se não houver a colaboração dos moradores, as larvas do mosquito se desenvolvem, retomando todo o ciclo.

 

“Não podemos descuidar, pois a Dengue mata! Em Sumaré, temos, inclusive, a Lei nº 5757/2015 que instituiu os ‘10 Minutos contra a Dengue’. Convocamos os sumareenses a reservarem 10 minutos do seu tempo uma vez por semana para se proteger do Aedes aegypti, eliminando os locais que possam servir de foco do mosquito”, comentou o prefeito Luiz Dalben.

 

O Chefe do Executivo sumareense reforça ainda que é fundamental que a população receba as equipes e adote as medidas necessárias para evitar a proliferação do Aedes. “Somente juntos podemos vencer essa batalha: cuidando do nosso próprio quintal e também da nossa cidade”, concluiu o prefeito.

 

Há, no entanto, algumas recomendações durante a aplicação de inseticida com bomba costal. É importante que os moradores abram portas e janelas, e protejam animais de estimação e pessoas com problemas respiratórios. Também é recomendado que os moradores não acompanhem o aplicador, pois a exposição direta com o inseticida pode causar mal-estar. Outra orientação é deixar o portão aberto para que o servidor em serviço tenha livre acesso ao imóvel.

 

No último sábado (14) as equipes das Unidades de Saúde do Maria Antônia, Florely, Bandeirantes e Nova Terra realizaram o trabalho, de busca ativa de pessoas suspeitas de Dengue e realização de teste rápido no Jardim Minesota, região do Matão. Durante a ação os agentes comunitários de saúde, enfermeiros e técnicos de enfermagem visitaram as casas, na qual foram encontradas larvas, além de criadouros inservíveis. Na ocasião da ação, também foram identificados moradores com sintomas da doença. Já na sexta (13), a equipe concluiu a ação no Jardim Paulistano.

 

Até o momento Sumaré registrou 540 notificações de Dengue. Desse total, 242 casos são positivos e 33 estão sendo investigados. No ano passado foram 2.866 casos confirmados da doença.

 

10 minutos contra o Aedes

Que tal usar 10 minutos semanalmente para se proteger do Aedes aegypti? Essa campanha propõe ações semanais para limpar os principais criadouros do mosquito – transmissor da dengue, vírus Zika e chikungunya – que vive e se reproduz dentro e ao redor das casas. Agindo uma vez por semana na limpeza de criadouros, a população interfere no desenvolvimento do vetor, já que seu ciclo de vida – do ovo ao mosquito adulto – leva de 7 a 10 dias. Com uma ação semanal, é possível impedir que ovos, larvas e pupas do mosquito cheguem à fase adulta, freando a transmissão dessas doenças. Para combater o mosquito do Aedes são necessárias algumas ações:

* Mantenha a caixa d’água sempre fechada e com tampa adequada

* Remova folhas, galhos e tudo o que impede a água de correr pelas calhas

* Não deixe a água da chuva acumulada sobre a laje

* Lave semanalmente por dentro, com escova e sabão, os tanques e recipientes utilizados para armazenar água

* Encha de areia até a borda os pratinhos dos vasos de plantas

* Troque a água e lave os vasos, principalmente por dentro (com escova, água e sabão), pelo menos uma vez por semana

* Guarde as garrafas sempre de boca para baixo

* Descarte corretamente o lixo, principalmente os pneus inservíveis

* Não jogue lixo em terreno baldio.

Comentários