fbpx

Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Sumaré

Prefeitura de Sumaré paga em dia salário dos servidores e licença prêmio dos professores

Honrar e valorizar aquele que tem a responsabilidade de prestar serviços essenciais à população sumareense em todos os setores municipais: o servidor público! Mesmo com todas as dificuldades financeiras impostas aos municípios brasileiros por causa da pandemia do coronavírus, a Prefeitura de Sumaré tem mantido o compromisso e efetuado o pagamento dos salários dos colaboradores municipais em dia e até antecipado. Mais um exemplo desse empenho com a categoria é o pagamento do salário referente a setembro, creditado nesta quarta (07); e também a licença prêmio a duzentos e seis profissionais da área da educação (professores, diretores e coordenadores), no valor de R$ 2.104.610,11, provenientes de repasse do FUNDEB (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação), que tinham direito ao benefício e ainda não tinham recebido. A cada cinco anos trabalhados o servidor tem direito de solicitar esse benefício.

 

“Priorizamos o funcionalismo público e fazemos todos os esforços para manter em dia e até mesmo antecipado o pagamento dos nossos colaboradores, resgatando sua autoestima e valorizando aqueles que dedicam seus dias cuidando de Sumaré e do nosso povo”, disse a secretária de Finanças e Orçamento, Monis Marcia.

 

Bom destacar que, visando garantir o bom andamento da máquina pública, a Administração Municipal, por meio do planejamento das receitas e despesas, antecipou também o pagamento de 50% do décimo terceiro salário a todo o funcionalismo. Com essa medida adotada desde 2017 o pagamento é feito de forma “escalonada”, conforme o mês de aniversário do servidor, e não sobrecarrega a folha no final do ano.

 

Dentro dessa proposta de valorização do funcionalismo público a Administração Municipal concedeu o reajuste salarial – que há vários anos estava congelado – em 2017 (de 4,75%), em 2018 (2,85%) e 3,89% ano passado. Só não teve reposição neste ano por conta da pandemia e da Legislação Eleitoral. Além disso, também houve reajuste do auxílio-saúde, a implantação do cartão de vale-alimentação e do abono natalino.

 

Mesmo tendo assumido a gestão com muitos problemas – inexistência de disponibilidade financeira em caixa para pagamento do salário de dezembro de 2016, saúde em greve, colaboradores e fornecedores sem receber, repasses atrasados e R$ 140 milhões de dívidas a curto prazo e R$ 500 milhões a longo prazo – a Administração Municipal tem dado continuidade à diversas obras e melhorias para a população.

 

“Com muito trabalho, planejamento e gestão eficiente dos recursos restabelecemos as finanças e ao longo destes quase quatro anos de trabalho, finalizamos o mês de agosto de 2020 com uma redução do déficit em R$ 120 milhões em comparação ao início de 2017. Liquidamos o passivo trabalhista, regularizamos os pagamentos atrasados e deixamos Sumaré com nome limpo, recuperando a CND (Certidão Negativa de Débitos) e a situação fiscal regular junto ao Cadin Estadual. Colocamos a casa em ordem, e isso tudo sem aumentar impostos ou estabelecer taxas, e também sem deixar a cidade estagnada. São diversos investimentos em infraestrutura e serviços realizados para o bem da população sumareense”, finalizou a secretária.

 

Comentários