Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Prefeitura de Sumaré antecipa pagamento integral dos salários de março dos servidores, no valor líquido total de R$ 14,9 mi


Graças a um intenso esforço administrativo para tentar minimizar os efeitos da grave crise econômica nacional nas suas próprias Finanças, a Prefeitura de Sumaré deposita até o final desta sexta-feira, 4 de março (três dias antes da data prevista), os salários integrais dos seus mais de 5.200 servidores. A folha líquida total da Prefeitura em fevereiro para pagamento em março é de R$ 14,9 milhões. Também contribuiu para o adiantamento do pagamento dos salários o incremento nas receitas representado pelo IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), cuja primeira parcela venceu no final de fevereiro.

Apesar dos contínuos esforços das secretarias municipais de Finanças e Orçamento e de Administração e RH, a Municipalidade se viu obrigada, nos últimos meses, a escalonar o pagamento dos salários de seus colaboradores, sempre priorizando aqueles que têm os menores vencimentos. Todos os pagamentos, no entanto, já foram integralmente normalizados (incluindo o pagamento do 13º salário).

A Prefeitura reforça que a crise econômica nacional e seus efeitos na queda da arrecadação de todas as esferas do Poder Públicos, inclusive as prefeituras, são reais, como pode ser acompanhado por qualquer cidadão através da imprensa. Os efeitos da crise são nefastos para as empresas, comércios e também para as famílias brasileiras, com o crescimento do desemprego. Isso gera a diminuição da arrecadação dos impostos.

Felizmente, graças às medidas de contenção de custos e gastos deflagradas pela atual gestão desde o início de 2015, quando se configurou o agravamento da crise, a Prefeitura de Sumaré ainda não teve que reduzir horários, salários nem demitir servidores (que, afinal, são pais e mães de família, pessoas trabalhadoras e dedicadas à cidade e à população).

A Administração Municipal de Sumaré reafirma que faz e fará sempre todos os esforços possíveis para manter em dia os vencimentos dos servidores municipais, bem como a qualidade dos serviços públicos prestados à população, priorizando as áreas essenciais – como Saúde, Educação, Segurança, Limpeza Pública, Defesa Civil e outras.

 

 

Assessoria de imprensa

Comentários

Dennis Moraes