Prefeito Denis Andia lança 1ª “Festa da Linguiça”

O prefeito de Santa Bárbara d’Oeste, Denis Andia, lançou nesta segunda-feira (18) a 1ª “Festa da Linguiça”, no Restaurante Rancho da Linguiça, situado no bairro Santo Antonio do Sapezeiro. Acompanhado do Secretário de Cultura e Turismo, Eide Froner, e dos comerciantes do bairro Ney martignago (Rancho da Linguiça), Cleiton Martim (Restaurante Santo Antonio) e Guitão Weissinger (Rancho do Guitão), Denis explicou que o evento é mais uma novidade no calendário de festas do município, assim como foi o S. Bárbara! Rock Fest, realizado em março deste ano. Como parte do lançamento, houve uma exibição de um vídeo com depoimentos de antigos moradores do bairro e apresentação cultural com o melhor da MPB da dupla Anerlindo Rodrigues e Juma Matos.

O evento será realizado nos dias 30 e 31 de agosto em frente a Igreja Santo Antonio do Sapezeiro, reunindo artistas da região e de renome nacional, como as duplas Craveiro e Cravinho e Lourenço e Lourival. Toda programação contará com shows e a tradicional culinária do bairro, tendo como destaque a linguiça. “O bairro Santo Antonio do Sapezeiro é um dos recantos pitorescos da nossa cidade, onde a tranquilidade e a simplicidade dos pequenos povoados do interior ainda podem ser percebidas. Atendendo planejamento do prefeito Denis Andia pensamos em uma festa que reunisse as famílias, relembrando histórias e fazendo referência a cozinha típica da região, como a tradicional linguiça”, comentou o secretário de Cultura e Turismo de Santa Bárbara d’Oeste, Eide Froner.

Acompanhe a cobertura da TV24HORAS no lançamento do evento:

Evento

A programação da 1ª “Festa da Linguiça” tem início às 12 horas do sábado (30), com show de Marcelo e Fabiano. Posteriormente se apresentam Souzinha e Norberto, Orquestra de Violeiros de Americana, Rodrigo e Valdenir, e , às 20 horas, a dupla Craveiro e Cravinho encerra o primeiro dia de apresentações. No domingo (31) a missa dominical ocorre às 9 horas, seguida das apresentações da Orquestra Barbarense de Violas, Body e Ercão, Marcus e Goiano, Guaíra e Guaíba e Lourenço e Lourival, subindo ao palco às 17 horas.

O cardápio da festa traz porção de linguiça, cuscuz de linguiça, lanche de linguiça com vinagrete, espetos variados, torresmo, batata frita, mandioca, polenta, doces, sorvetes, pipoca, algodão doce e bebidas.

 

Sobre o bairro

O bairro Santo Antonio do Sapezeiro localiza-se na Zona Sul de Santa Bárbara d’Oeste, à direita da Rodovia Américo Emílio Romi, no sentido Capivari. O acesso se dá pela estrada vicinal Vereador Saulo Fornazin por meio da qual se chega ao bairro.Sua distância do centro da cidade é de cerca de 10 km e é um dos bairros mais antigos do município, iniciado a partir da construção da primeira capela de Santo Antonio, em 1905.

No início do século XX, Francisco Antônio de Godoy e sua esposa Ana Murbach transferiram residência da área central da cidade para seu sítio e instalaram o primeiro armazém de secos e molhados, com bar, dando início ao comércio na localidade, bem como doaram uma área de terra para a construção de uma capela dedicada so santo de devoção de Ana, que faleceu em 1904.

Com a construção de sua primeira capela de barrote e coberta de sapé, em 1905, a localidade foi batizada de Santo Antônio. sapezeiro veio por causa da planta muito comum naquela localidade. A Capela de Santo Antônio motivou a cosntrução de casarios ao seu redor e o bairro começou a crescer em população. com o passar dos anos, a capela ficou pequena e houve a necessidade de sua ampliação.

Após a doação de mais um pedaço de terra pela família Godoy, a capela foi reconstruída, em 1915, em alvenaria. Em 1935, uma nova capela foi construída, maior, e com a colaboração da Usina Santa Bárbara, que fez a doação dos tijolos, levados pela via férrea “O Trenzinho da Usina”.

Anualmente é promovida na capela a tradicional festa religiosa em louvor ao Santo Padroeiro. Essa festa é realizada até hoje por uma comissão de festeiros do bairro e atrai pessoas de toda a cidade e região.

O bairro Santo Antônio do Sapezeiro, ao longo dos anos, recebeu melhorias e se desenvolveu. Em 1966, recebeu o serviço de energia elétrica e, em 1998, a estrada de acesso foi asfaltada. O local foi ganhando fama, sendo conhecida como “Terra da Linguiça”, pois lá são produzidas e comercializadas as linguiças caseiras que atraem não só barbarenses, mas também pessoas de toda a região. O bairro, que preserva suas tradições, hoje transformou-se em ponto turístico.

 

Fotos: Maira Scavacini

 

Assessoria de Imprensa

Comentários

Notícias relacionadas