Prefeito Denis Andia fala sobre ampliação de mais de mil vagas na Educação Infantil de S.Bárbara

O prefeito de Santa Bárbara d’Oeste, Denis Andia, falou nesta sexta-feira (20) sobre a abertura de novas vagas na Educação Infantil (de zero a cinco anos) entre 2013 e 2015. De acordo com dados da Secretaria de Educação, o número de alunos atendidos passou de 5.228 em 2013 para 6.620 no início de 2015, uma ampliação de aproximadamente 20% no atendimento aos alunos.

 

Durante sua participação no Jornal Santa Bárbara Hoje, programa veiculado pela Rádio Santa Bárbara, Denis ressaltou as intervenções já realizadas e afirmou que as novas unidades a serem entregues nos próximos anos resultarão em um novo aumento no número de alunos matriculados. Atualmente, a Rede Municipal de Educação conta com 42 unidades escolares, sendo 24 que atendem em tempo integral, além de convênios com associações filantrópicas e o Programa Bolsa Creche.

 

“As reformas e ampliações em unidades, convênios com entidades, implantação do programa Bolsa Creche e construção de novas escolas proporcionaram um avanço significativo no número de vagas disponíveis na rede municipal. Sabemos, entretanto, que a demanda é recorrente e por isso continuamos nos esforçando para que novas escolas sejam construídas e entregues”, disse o prefeito. “Teremos nos próximos meses, por exemplo, a inauguração do CIEP do bairro Planalto do Sol 2 e das creches dos bairros Jardim Pérola e Nova Conquista. Somente nestas unidades são mais de R$ 15 milhões em recursos próprios investidos e mais de 860 novas vagas geradas”, concluiu.

 

“A Administração Municipal está atenta sobre a importância e necessidade de educação em tempo integral para qualificar a escolarização das crianças. O governo do prefeito Denis Andia também ampliou o tempo integral na Educação Infantil para crianças de 4 e 5 anos”, acrescentou a secretária de Educação de Santa Bárbara d’Oeste, Tânia Mara da Silva.

 

Nos últimos dois anos a Prefeitura realizou a reforma de unidades como as Emeis “Zinho Saes”, no Vista Alegre, “Olímpia Gelli Romi”, no Jardim Europa, “Dona Maria Araújo”, na Cidade Nova, “Mainá”, no Romano, “Profª Telma Laudissi D’Ávilla”, no Laudissi e “Antonio Mollon”, no Mollon. Houve também a reforma e ampliação de escolas como as Emeis “Profª Eny Carvalho de Andrade”, no Jardim Europa, “Zinho Saes”, no Vista Alegre, Ciep “José Renato” no Parque do Lago, ampliação de vagas disponíveis na Emefei “Maria Martiniano Gouvea Valente – Dona Bininha”, no Conjunto Roberto Romano, Ciep “Angélica Sega Tremocoldi”, no Jardim das Orquídeas, Emei “Vanderlei Matarazzo”, no Ângelo Giubina, CAIC “Irmã Dulce” e Ciep “Leonel Brizola”, no Santa Rita, além da construção da extensão da Emefei “Vereador José Luiz Gomes da Silva – Emei Zelinho”, no Conjunto dos Trabalhadores.

 

A Prefeitura avançou também no atendimento por meio do Cedin (Centro de Vivências do Desenvolvimento Infantil), projeto executado em parceria entre Fundação Romi e Prefeitura, além de novos atendimentos na ABE (Associação de Beneficência e Educação).

Creche 12 horas

 

Em 2013 mais de duas mil crianças foram beneficiadas com o horário estendido nas 17 creches da rede municipal. Os pais que necessitam podem deixar seus filhos na creche entre 6h30 e 18h30, facilitando para quem entra mais cedo ou sai um pouco mais tarde do trabalho.

 

Outra ação, o programa Bolsa Creche, programa instituído pela Prefeitura, auxiliou para o atendimento da demanda. A iniciativa prevê convênios com escolas particulares para atendimento de Educação Infantil. A Secretaria de Educação mantém o atendimento de crianças contribuindo para a redução da demanda existente. Todas as vagas serão preenchidas por crianças que já estejam na lista de espera da rede municipal, independentemente da região onde os pais ou responsáveis residam. O valor a ser pago por vaga disponibilizada, mediante apresentação de relatório mensal à Secretaria de Educação.

 

Foto: Marcel Carloni

 

Assessoria de Imprensa

Comentários

Notícias relacionadas