Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Limeira

Prefeito de Limeira, Mario Botion, é eleito novo Presidente do Consórcio PCJ

87ª Reunião Ordinária da entidade aconteceu na manhã da última quinta-feira (18) e debateu também a situação hídrica para 2021 e seu impacto ao Sistema Cantareira

O Consórcio PCJ promoveu na quinta-feira, dia 18 de fevereiro, a 87ª Reunião Ordinária do Conselho de Associados, na qual foi eleito para presidir a entidade o prefeito de Limeira, Mario Botion. Ele será o 10º prefeito a ocupar o cargo, e o 17º presidente da história. Também foram escolhidos os novos membros do Conselho Diretor da entidade para a gestão 2021/2023. “Fiquei muito feliz com a escolha e coloco-me à disposição para fazer um trabalho de excelência junto à diretoria, às prefeituras e empresas associadas”, disse o presidente eleito.

Botion já tem um histórico com as instituições de recursos hídricos. “Nos anos 90 iniciei através da AEAL (Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Limeira), inclusive no consórcio. E nos últimos quatro anos, como prefeito, tenho participado ativamente do Consórcio PCJ, inclusive ocupando a primeira vice-presidência do Programa de Política de Recursos Hídricos”, conta o chefe do Executivo, que tomará posse em abril.

Agora, na nova gestão do Conselho Diretor, a primeira Vice-presidência ficará com o prefeito de Pedreira, Hamilton Bernardes. No total, a diretoria é composta por 10 vice-presidências, 14 conselheiros e dois agentes de interlocução. A lista completa dos membros pode ser conferida ao final do texto.

O presidente eleito Mário Botion também destacou a importância da conscientização da população e dos gestores municipais no atual momento de queda nas médias de chuvas das Bacias PCJ. “Temos a necessidade de intervenções consistentes e principalmente conscientizar a população para o uso responsável da água”, comentou.

Botion também destaca outra questão importante, que é a necessidade de planejamento e articulação estratégica para viabilizar investimentos necessários para a região, os quais somam R$ 7,6 bilhões até o ano de 2035. “Parte do valor já está sendo utilizada na construção de dois reservatórios regionais de regularização de água – um em Pedreira e outro em Amparo. Todas as ações são importantes, mas a principal e o maior desafio será mesmo a conscientização do uso responsável da água”.

A Reunião do Consórcio PCJ também foi marcada pelos debates acerca da disponibilidade hídrica durante o ano de 2021, com a participação do professor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Antônio Carlos Zuffo, ao lado do Coordenador de Projetos do Consórcio PCJ, José Cezar Saad. Ao final da entrevista, foi lançada a cartilha “Influência do Clima no Sistema Cantareira – Cenários para 2021”.

Zuffo alertou que o clima é cíclico e que estamos passando por uma fase de queda nas precipitações o que vai impactar a disponibilidade hídrica. Segundo o professor e pesquisador, estamos próximos de uma possível nova crise hídrica, que nos estudos dele deve ocorrer entre 2025 e 2027, mas que esse período mais seco, com chuvas ocorrendo abaixo das médias históricas deve seguir até 2035.

O Coordenador de Projetos do Consórcio PCJ, José Cezar Saad, apresentou a Cartilha sobre o Cantareira que contou com a produção da equipe técnica da entidade. O documento conta a história de operação do sistema e atenta que desde 2000, as vazões de afluência aos reservatórios, ou seja, o volume de água para sua recarga, estão ocorrendo abaixo das médias históricas e com chuvas abaixo da média nos últimos quatro anos nas Bacias PCJ. A Cartilha, busca também capacitar municípios, empresas e comunidade sobre ações de contingenciamento para um ano de 2021 com menos disponibilidade hídrica.

O Secretário Executivo do Consórcio PCJ, Francisco Lahóz, atentou que o momento é crítico e que é necessário que a comunidade se prepare para a estiagem 2021, além de destacar que ações para reservação de toda a quantidade possível de água são fundamentais.

A 87ª Reunião Ordinária do Consórcio PCJ já está disponível na íntegra no canal da entidade no YouTube, acessando pelo link: https://youtu.be/9H472ALIrIE

A Cartilha “Influência do Clima no Sistema Cantareira – Cenários para 2021”, também já está disponível e pode ser baixada em: https://tinyurl.com/4e5ewryo

Abaixo é possível conferir a formação completa do novo Conselho Diretor, gestão 2021 – 2023:

Presidente (Prefeito)

Mario Celso Botion – Limeira/SP

 

Vice-Presidente de Política de Recursos Hídricos (Prefeito)

Hamilton Bernardes Junior – Pedreira/SP

Vice-Presidente de Programas de Educação e Sensibilização Ambiental (Prefeito)

Nilson Alcides Gaspar – Indaiatuba/SP

Vice-Presidente para Assuntos Institucionais (Prefeito)

Lucimara Godoy Vilas Boas – Valinhos/SP

Vice-Presidente de Integração Regional (Prefeito)

Adinan Ortolan – Cordeirópolis/SP

Vice-Presidente de Programas Regionais (Prefeito)

Gustavo Perissinotto – Rio Claro/SP

Vice-Presidente de Programas de Resíduos Sólidos (Prefeito)

Helio Franzol Bernardino – Saltinho/SP

Vice-Presidente de Ampliação das Disponibilidades Hídricas – (Prefeito)

Luciano Santos T. Almeida – Piracicaba/SP

Vice-Presidente para Proteção aos Mananciais (Empresa)

Martim de França, Silveira Ribeiro – DAE Jundiaí

Vice-Presidente de Tecnologia e Sistema de Gestão (Empresa)

Fernando Mangabeira – BRK Ambiental

Vice-Presidente de Sistema de Monitoramento das Águas (Empresa)

Manuelito Pereira Magalhães Junior – SANASA

 

Conselheiros:

  1. a) Municípios:

5 (cinco) Municípios com  menos de 50 mil habitabntes (Prefeitos)

Ipeuna/SP – Diego Heron Pinheiro

Piracaia/SP – José Silvino Cintra

Louveira/SP – Estanislau Steck

Holambra/SP – Fernando Henrique Capato

Artur Nogueira/SP – Lucas Sia Rissato

 

3 (três) Municípios entre 50 mil a 500 mil habitantes (Prefeitos)

Atibaia/SP – Emil Ono

Americana/SP – Francisco Antonio Sardelli

Santa Barbara D’Oeste/SP – Rafael Piovezan

1 (um) Município com mais de 500 mil habitantes (Prefeito)

Campinas/SP – Dário Saadi

 

  1. b) Empresas:

5 (cinco) Representantes de Empresas

Rhodia

Evonik

Ypê

SABESP

Usina Ester

 

Agentes de Interlocução Consultiva

Camanducaia/MG – Rodrigo Alves de Oliveira

Bragança Paulista/SP – Jesus Adib Abi Chedid

 

Sobre o Consórcio PCJ:

O Consórcio PCJ, fundado em 1989, é uma associação civil de direito privado, composta por 40 municípios e 24 empresas associados, que atua como uma agência de fomento, planejamento e sensibilização, com o objetivo de recuperar e preservar os mananciais, além de discutir a implementação de políticas públicas voltadas à gestão da água. A entidade é referência nacional e internacional na gestão de recursos hídricos, sendo membro de importantes entidades internacionais, como: O Conselho Munidial da Água, a Rede Internacional de Organismos de Bacias (Riob), a Rede Latino-Americana de Organismos de Bacias (Relob) e a Rede Brasil (Rebob).