Preço do pão francês varia até 44% em S. Bárbara

O preço do quilo do pão francês em Santa Bárbara d’Oeste pode variar até 44%, dependendo do estabelecimento, de acordo com uma pesquisa feita pelo Procon do município. O órgão pesquisou em 34 estabelecimentos comerciais da cidade, que informaram o valor por quilo para a comercialização do alimento entre 19 a 27 de maio. Nas padarias e supermercados pesquisados, os preços cobrados pelo quilo de pães variam de R$ 6,90 a R$ 10, uma diferença de 44,9%.

De acordo com a coordenadora do Procon, Maria de Fátima Felippe, os estabelecimentos devem seguir uma série de regras, como a da comercialização e acesso ao preço do produto. “O pão francês deve ser comercializado por quilo, sendo proibida a comercialização por unidade. Os estabelecimentos também tem o dever de informar o preço do quilo do produto em local visível ao consumidor e a balança também deve estar em local de fácil acesso, de forma que o consumidor possa visualizar o peso do produto que está adquirindo”, disse.

Orientações gerais (preço x qualidade)

A pesquisa de preços sempre é fundamental. No entanto, quando se trata desse tipo de produto (pães e quitandas), é interessante procurar aliar preço com a qualidade do produto. Atenção especial também à higiene, tanto do local quanto dos funcionários que vão manusear os produtos, e, ainda, exigir que a pesagem do pão seja feita à vista do cliente.

O consumidor deve ter bastante atenção à data de vencimento desses produtos, atentando ainda para a aparência do produto, pois muitas vezes, devido à má conservação, mesmo estando dentro do prazo de validade, a qualidade pode estar comprometida.

Um produto, por exemplo, que facilmente pode ser detectada a qualidade é a mortadela, que deve apresentar uma cor homogênea. Caso seja detectada alguma irregularidade, o consumidor deve devolver o produto no local da compra, fazer a reclamação e denunciar o fato à Vigilância Sanitária.

Foto: Luís Eduardo Deffanti

Assessoria de Imprensa

Comentários

Notícias relacionadas