Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

Povo do Livro de Maricá lança Antologia em homenagem a Manoel Lago

No dia 24 de outubro, domingo, às 16h, o coletivo de autores de Maricá, o Povo do Livro, lançará, dentro da programação oficial da VI Festa Literária de Maricá, sua segunda Antologia intitulada “Povo do Livro de Maricá, Crônicas & Poesias”. O escritor homenageado será o fundador do grupo, Manoel Lago (em memória).

A obra, organizada pelo poeta Altamir Costa, apresenta poemas, contos e crônicas de qualidade literária ímpar, de escritores de carreira extensa, tais como: Alessandra Honorata, Fernando Arruda, Natália Lenhard, Neide Santana, Roberta de Souza e Nilton Oliveira. E escritores iniciantes como Anselmo Mourão, Kelly Kristiny, Natália Fraga Coutinho e Pedro Pontes. Além disso, o coletivo teve a honra de contar com a participação especial do Secretário de Cultura de Maricá, Sady Bianchin.

Maricá, berço turístico de belezas inigualáveis, sempre foi tema de canções, versos e prosas, além de ser o esconderijo de muitos fazedores de cultura. De pulsante e crescente população, a cidade conta com talentosos escritores e artistas em geral. Assim, pelo amor aos livros e à literatura, o grupo nasceu na mente e no coração do escritor Manoel Lago.

“O coletivo Povo do Livro nasceu da necessidade de apresentar os escritores de Maricá, como grupo, por ocasião do 1° Festival Internacional da Utopia de Maricá. Na 1ª FLIM (Feira literária de Maricá), em 2013, fui convidado pela secretaria municipal de Educação a reunir, numa barraca da feira, os escritores da cidade. Foram 6 escritores naquela ocasião. Em 12 de maio de 2016, o grupo foi oficialmente criado e a nossa participação no Festival foi um sucesso.” Pontuou, em sua última entrevista, o escritor Manoel Lago.

O Povo do Livro, diversificado em sua essência, conta com escritores premiados ou indicados a prêmios literários e membros de academias, que escrevem obras infantis, romances, ficção científica, poesias, obras sobre educação etc.

Seguindo na volta dos eventos literários, com observação a todas as normas sanitárias, a FLIM acontece de 22 a 31 de outubro na Lagoa de Araçatiba, em Maricá.

Sobre o autor homenageado, Manoel Lago

Manoel Luiz Lago Pereira (13/03/1952 – 14/04/2021), escritor, poeta, artista plástico e líder do grupo de escritores Povo do Livro de Maricá, era um dos últimos representantes de uma geração de intelectuais da política nacional. Mudou-se para o Rio de Janeiro a convite de Leonel Brizola, ex-governador do estado e gaúcho como ele. Foi discípulo de Darcy Ribeiro e participou da construção e inauguração de vários CIEPs, dando inclusive nome à um deles, CIEP Pablo Neruda, em Laranjal/ SG. Em Maricá, sua veia artística aflorou. Escreveu os romances “Riacho Mágico”, “Vontade de Viver”, “A Mão que nos Embala” e o livro de poesias “Perdi meus Alfarrábios”. Em 2013, começou a trabalhar na prefeitura, onde esteve atuante até o momento de sua partida, vencido pela COVID. Manoel Lago era idealista, sonhador, dinâmico e agregador.

Apoio: Gaia Assessoria de Comunicação

@povo.do.livro @gaiasscomunicacao

#povodolivro #flim #feiradolivrodemaricá #lançamento #antologia