Piracicaba: Alunos de Engenharia Civil da Fatep enfrentam o Desafio Ponte de Macarrão


Os alunos do primeiro semestre de Engenharia Civil da Fatep (Faculdade de Tecnologia de Piracicaba) vivenciam na prática um projeto desenvolvido na sala de aula. Ontem (26), no pátio da instituição, eles enfrentaram o 2° Desafio Ponte de Macarrão e provaram que esta massa pode suportar peso a partir de cálculos matemáticos.

 

De acordo com o professor Emerson Casagrande, o objetivo era criar um desafio para motivá-los. Com isso, cerca de 36 alunos, divididos em seis grupos, construíram pontes onde o macarrão do tipo spaghetti Gallo número 8 era a base da estrutura treliçada. Para fixar o protótipo foram usados Superbonder, Durepox ou Araudite.

 

Com a orientação do professor Casagrande, os alunos desenvolveram uma geometria adequada, executando cálculos de esforços nas barras da treliça. A ideia era saber quantos quilos a ponte suportaria ao ser tracionada para baixo a partir de um ensaio destrutivo. Mas como o desafio também era conquistar nota para finalizar o semestre da disciplina, as apresentações tiveram até torcida, contra e a favor.

 

Cada ponte foi colocada em cima de um cavalete com espaço no meio (como se estivesse entre duas margens). Para testar a resistência, os alunos a prenderam pelas laterais com um cabo de aço, que segurava um balde na parte de baixo para ser completado com pó de ferro. Quando a carga chegou ao limite algumas pontes não suportaram e se romperam.

 

Das pontes que resistiram o peso, o grupo vencedor comemorou: conseguiu manter a estrutura sem avarias, apesar do peso ter ultrapassado os 56 quilos. “O desafio era suportar 40 quilos”, explica Casagrande. “Todos estão de parabéns pelo empenho na construção das pontes. O ensaio serviu como experiência para que possam entender a importância de calcular uma obra dentro dos padrões exigidos pela engenharia civil”, completa.

 

SOBRE A FATEP

Com 23 anos de experiência, a Fatep (Faculdade de Tecnologia de Piracicaba) conquista reconhecimento e prestígio a cada ano, oferecendo cursos de qualidade, com professores especializados, sem deixar de considerar preços compatíveis ao alcance dos estudantes. A estrutura física da Fatep favorece o aprendizado, com salas climatizadas, recursos multimídias, modernos laboratórios e biblioteca. As aulas são presenciais com turmas de até 50 alunos. Como auxílio na formação multidisciplinar dos estudantes, a Fatep possui o SAE (Serviço de Apoio ao Aluno) e o curso de nivelamento (atualização didática para o acompanhamento da matriz curricular). Também oferece opções de bolsas de estudo pelos programas Escola da Família, ProUni e Fies.

 

Comentários

Notícias relacionadas