Portal SB24Horas

Conteúdo é aqui!

O Poder do Comportamento


Desenvolver a parte comportamental dentro das indústrias, especialmente da liderança é de extrema importância e necessidade. É preciso corrigir as distorções do pensamento, ou seja, modificar os erros cognitivos dos gestores com relação à saúde e a integridade física dos trabalhadores, promovendo maior flexibilidade, construindo pensamentos alternativos mais funcionais, capazes de gerar uma melhora no comportamento da liderança, possibilitando-a e levando-a a tomada de consciência quanto à prevenção de acidentes.

 

Na maioria das vezes, os comportamentos estão baseados em valores e crenças. Estas crenças fazem parte da formação do caráter que se refere a fatores psicossociais e fatores aprendidos que influenciam o comportamento.

 

Boa parte dos comportamentos é formada ao longo da experiência e do processo de socialização. Grande parte desses comportamentos são inadequados e as crenças são culturalmente reforçadas, inclusive dentro das organizações.

 

As crenças estão inseridas dentro de estruturas mais ou menos estáveis, que orientam o comportamento e manifestam os traços de personalidade do indivíduo, isto é, regras específicas que regem o processamento da informação e do comportamento.

 

O trabalhador deve ser estimulado a reconhecer e a desenvolver suas forças, a ultrapassar resistências internas e interferências, a fortalecer sua identidade e valores. Esse tipo de aprendizado acontece com uso de recursos de feedback informacional e comportamental vindo da liderança.

 

Entendemos que a liderança tem um papel fundamental no processo de aprendizagem e construção do pensamento mais assertivo dos colaboradores quanto ao cumprimento das regras de segurança.

 

Líderes que possuem boa estrutura comportamental tem maior facilidade para comunicar e esclarecer padrões esperados de comportamento, avaliar o nível de entendimento e aplicação dos padrões de segurança pelos colaboradores.

 

Os conceitos de liderança e gestão de pessoas em segurança vão além da parte técnica, sendo fator decisivo no sucesso da organização, tendo a “atitude” como competência intrínseca e fundamental neste conceito da liderança moderna.

 

A reflexão crítica da forma como vem desempenhando o seu papel e os resultados decorrentes, é o que possibilita ao líder o desenvolvimento pessoal e profissional com relação as suas tarefas e melhorar o seu desempenho a partir do reconhecimento pela inadequação comportamental.

 

As ações de segurança devem ser planejadas pelo líder para que o trabalhador, a partir da reflexão, atue e busque saídas cabíveis e saudáveis para as diferentes situações no dia-dia, e seja capaz de mudar seu comportamento no ambiente de trabalho, resultando desta forma numa melhor percepção de si, do outro e dos anseios da organização quanto seus objetivos e metas em segurança e saúde e do trabalhador.

 

É importante dizer e lembrar que os acidentes estão CEIFANDO VIDAS, destruindo FAMÍLIAS e sonhos. Portanto, fazer prevenção de acidentes e ter COMPORTAMENTO SEGURO é um compromisso com a VIDA, este processo passa necessariamente pela atuação de uma liderança eficaz e capaz de pensar e colocar a segurança do trabalho como um valor estruturante nas suas rotinas de trabalho, não aceitando desvios e nem tendo tolerância com os comportamentos disfuncionais de suas equipes.

 

Artigo escrito por: Robson Cupertino de Lima, Especialista em Segurança Comportamental , professor e consultor da Ramazzini Engenharia.

 

Comentários

Dennis Moraes