Número de empresas abertas em fevereiro demonstra otimismo do empreendedor brasileiro

Empresômetro revela 258 mil novas empresas no segundo mês de 2019

 

O otimismo do brasileiro com a economia e a aposta no empreendedorismo é um fato. Alimentado por dados públicos de empresas, o Empresômetro, empresa que trabalha com inteligência de mercado, realizou um levantamento em que apresenta números expressivos no que tange à abertura de novos negócios.

“Verificamos que em fevereiro, a tendência de abertura de novas empresas continua, foram mais de 258 mil negócios formalizados”, diz o empresário e diretor do Empresômetro, Otávio Amaral.

Esses números surgem encabeçados pelos setores de cabeleireiros, comércio de roupas, promoção de vendas e construção em alvenaria como a maior quantidade de empreendimentos abertos em fevereiro de 2019.

Sem supressas, o estado de São Paulo segue em primeiro lugar no ranking, com mais 77 mil novos negócios, seguido por Minas Gerais e Rio de Janeiro. Acompanhe a tabela abaixo:

 

SAO PAULO 77.257
MINAS GERAIS 29.120
RIO DE JANEIRO 24.663

 

“É natural que São Paulo tenha um número bastante expressivo pela sua população e que as mudanças culturais em relação à empresas, empregos e relação de trabalho, partam daquele estado”, diz Amaral.

Ainda para o empresário “os setores que mais crescem são aqueles em que o empreendedor sente que tem mais intimidade com a atividade, e todos temos um contato maior com beleza, roupas, construção e comida, ramos que tendem a crescer em momentos de crise ou crescimento econômico”.

Brasil afora

No Paraná, o que mais abriu foram os negócios voltados à construção em alvenaria, no Distrito Federal foi a promoção em vendas, no Rio Grande do Sul foi o comércio de roupas que se destacou, o mesmo ocorrendo no estado do Ceará.

Já na Região Norte do país, os números são menores, Acre, Roraima e Amapá foram os estados em que menos negócios foram abertos, como se vê na tabela abaixo:

ACRE 560
RORAIMA 347
AMAPA 438

 

No Acre cresceu o número de empresas que trabalham com transportes aquaviários, em Roraima o comércio de roupas, e no Amapá foram as lanchonetes e restaurantes.

“Cada região tem sua peculiaridade, seus costumes e necessidades, por isso alguma coisa foge de um padrão de mercado, mas em um país do tamanho do Brasil, é o esperado”, destaca Amaral.

Veja abaixo o ranking completo por estado e quantidade de novas empresas:

SAO PAULO 77.257
MINAS GERAIS 29.120
RIO DE JANEIRO 24.663
PARANA 18.102
RIO GRANDE DO SUL 14.520
BAHIA 13.033
SANTA CATARINA 12.259
GOIAS 9.564
PERNAMBUCO 7.200
CEARA 7.011
ESPIRITO SANTO 5.825
PARA 4.989
MATO GROSSO 5.034
DISTRITO FEDERAL 5.061
PARAIBA 3.080
MATO GROSSO DO SUL 3.482
RIO GRANDE DO NORTE 2.872
MARANHAO 2.820
ALAGOAS 2.321
AMAZONAS 2.229
PIAUI 1.924
TOCANTINS 1.736
SERGIPE 1.701
RONDONIA 1.658
ACRE 560
RORAIMA 347
AMAPA 438

 

SOBRE O EMPRESÔMETRO                                                                                                                                      

O Empresômetro é uma empresa que oferece soluções de mercado B2B para toda empresa que almeja crescer com inteligência. Oferta soluções que utilizam a mais alta tecnologia da informação, garantindo segurança na tomada de decisão de gestores de grandes empresas, como também proporciona conhecimento de mercado para pequenas e médias empresas através da ferramenta online, Empresômetro Listas.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (41) 2117-7300 ou pelo site www.empresometro.com.br.

Comentários

Notícias relacionadas